São Paulo,  
Busca:   

 

 

Terror//Insurgência

 

Microfone indiscreto surpreende Chirac. Exército Chinês no Líbano.

Por IBGF/WFM

IBGF,setembro de 2006.

O presidente francês foi mais uma das vítimas do microfone aberto, ou seja, fez confidências aos premier espanhol José Luis Zapatero sem se dar conta que a conversa era retransmitida e gravada por rádio.

Na conversa, Chirac observou: "No meu entender, não existirão problemas por dois ou três meses. Isso porque o hezbollah está um pouco enfraquecido."



Diante do espanto de Zapateiro, o presidente francês complementou, com relação ao hezbollah:-" Mas em três ou quatro meses poderá tornar-se perigoso novamente. Estou um pouco preocupado com o futuro".

O presidente Chirac logo admitiu ter sido imprudente ao falar sem tomar a cautela de verificar se o microfone que estava na sua frente encontrava-se desligado.

As confidências de Chirac a Zapateiro foram noticiadas nas televisões européias e a gravação divulgada.

As afirmações vazadas de Chirac só não alcançaram maior repercussão em face do anúncio de que tropas chinesas e russas engrossaram o contingente da ONU, mantido como força de interposição entre Israel e Líbano.

A respeito de russos e chineses na UNIFIL II (United Nations Interim Force in Lebanon), Koffi Annan, secretário geral da ONU, espera uma melhor definição em face das colocações do presidente russo, --Vladimir Putin, e do porta-voz do governo chinês, Liu Jianchao. Ambos afirmaram que suas tropas auxiliarão, apenas, nas reconstruções de estradas, restaurações de pontes, desarmamento de minas terrestre e demais obras de engenharia.
confidenciou ao premier espanhol, José Luis Zapatero, que o hezbollah ficará calmo por três meses e, depois, poderá tornar-se perigoso, fato que preocupado pela incerteza do futuro.
Com as declarações de Chirac e as ameaças feitas por Zawahiri (segundo da Al Qaeda) aos capacetes azuis da ONU (Força de interposição entre Líbanio e Israel), o pessimismo tomou conta do Palácio de Vidro de Nova York (sede da ONU)
A boa-notícia veio com a confirmação de soldados chineses e russos no sul do Líbano, a integrar a Unifil (United Nations Interim Force in Lebanon) e de acordo com a Resolução 1701.


Assuntos Relacionados
© 2004 IBGF - Todos os direitos reservados - Produzido por Ghost Planet