São Paulo,  
Busca:   

 

 

Terror//Insurgência

 

Cronologia dos conflitos entre árabes e israelenses.

Por Wálter Fanganiello Maierovitch

IBGF,3 de agosto de 2006.

Ódios eternos?


OLHO.

Em 1948, depois da proclamação da constituição do Estado de Israel, eclodiu a primeira-guerra entre esse recém-criado estado e países árabes (Egito, Síria e Jordânia).
Os outros conflitos aconteceram em 1967,1973,1982,1987,2000 e 2006.
Na última reunião da União Européia (2/8/2006), com a participação de 25 ministros a repressntar os estados-membros, chegou-se, sob a presidência de turno da Finlândia, a uma moção que pede a "cessação das hostilidades", ou seja, não há mençao ao imediato cessar fogo.
Para os supracitados ministros reunidos, a União Européia garantirá a segurança de Israel no caso de suspensão dos ataques ao Líbano.
Pró-memória do início do conflito a envolver o estado de Israel e a organização Hezbollah:
a) no dia 25 de junho de 2006, na Faixa de Gaza, as milícias do Hamas seqüestraram um soldado de Israel.
b) Em 12 de julho de 2006, no norte do estado de Israel e na fronteira com o sul do Líbano, foram seqüestrados, pelo Hezbollah, dois outros soldados israelenses.
Como esperado e desejado pelo Hezbollah ao realizar os seqüestros, Israel partiu para a reação bélica e o conflito entra na sua terceira semana. O Hezbollah usa mísseis de longo alcance fabricados no Irã e foquetes de pequeno alcance, que estão sendo lançados em território de Israel.

MATÉRIA

CRONOLOGIA de Sangue.

1948

Em Telaviv, o líder hebreu Ben Gurion, proclamou a constituição do Estado de Israel. Em face disso, Egito, Jordânia e Síria declaram guerra contra o novo estado. Essa Primeira Guerra terminou com um cessar fogo em 1949.
...................
1967

O episódio é conhecido como Guerra dos Seis Dias, ou seja, de 5 a 10 de junho de 1967.
De surpresa, Egito, Jordânia e Síria atacam Israel, que responde distruindo arsenais inimigos. Pentrando em território inimigo, o exército de Israel ocupa o Sinai, conquista Jerusalém, as áreas de Golan, a Faixa de Gaza e a Cisjordânia.
Com a Resolução número 242, a ONU pede a retirada de Israel dos territórios ocupados.
...............................
1973

Guerra do Kippur. No dia de do recolhimento dos judeus, chamado Yon Kippur (Dia do Perdão), Egito e Síria atacaram de surpresa Israel, que acaba vencendo a guerra, mas com muitas perdas de vidas. O ataque foi em 6 de outubro de 1973.
.................................
1982

Israel invade o Líbano para responder aos ataques de palestinos (em território libanês). A retirada de Israel do território libanês ocorre apenas no ano 2000.
...................................
1982

No dia 9 de dezembro de 1982 sucede a Primeira Intifada, ou seja, revolta dos palestinos em terras ocupadas por Israel e sob liderança de Arafat e bandeira da OLP-Organização de Libertação da Palestina.
.............
2000 Segunda Intifada em 28 de setembro de 200, depois de um ato provocatório do premier israelense Ariel Sharon. Sharon compareceu a leste de Jerusalem, próxima a uma mesquita com o objetivo de promover uma visita.
Até então a situação era tensa, apesar do acordo de Oslo de 1993 e da celebração de uma declaração de princípios entre Araf e o entrão primeiro ministro Rabin. Essa declaração foi assinada em Washington, em 13 de setembro de 1993. Em 4 de novembro de 2000 um fanático judeu matou o premier Rabin.
Sem sucesso e em 1 de julho de 2000, o presidente norte-americano Bill Clinton reuniu em Camp David o premier israelense Barak e Arafat, chefe da Autoridade Palestina, para um acordo de paz.

............................ 2006

No dia 25 de junho de 2006, na Faixa de Gaza, as milícias do Hamas seqüestraram um soldado de Israel. Em 12 de julho de 2006, no norte do estado de Israel e na fronteira com o sul do Líbano, foram seqüestrados, pelo Hezbollah, dois outrso soldados israelenses. Israel reage e o conflito entra na sua terceira semana.


Assuntos Relacionados
© 2004 IBGF - Todos os direitos reservados - Produzido por Ghost Planet