São Paulo,  
Busca:   

 

 

Terror//Insurgência

 

TERROR- Zarqawi: autópsia desmente versão oficial. A Al Qaeda da Mesopotâmia anuncia o herdeiro de Zarqawi.




IBGF,12 junho 2006.

OLHO.
1.O site islâmico do grupo terrorista Al Qaeda anunciou a escolha do novo líder da Al Qaeda na Mesopotâmia.

O xeque ABU HAMZA AL MUHAJER sucederá Al Zarqawi.

No comunicado internet consta que “ O xeque Abu Hamza al Muhaje é um irmão devoto e com experiência na guerra-santa e uma sólida preparação religiosa. Pedimos a Deus que o abençoe e o ajude a aquilo que o xeque Abu Musab al Zarqawi havia iniciado”.

A mensagem não informa a nacionalidade do novo líder, mas trata-o como “mujaher” que, em árabe, significa imigrante, ou seja, não é iraquiano.

2.O terrorista morreu uma hora depois do bombardeamento e não nos 15 minutos anteriormente anunciados.
O ataque pelos dois aviões F6 ocorreu às 18,12 horas da quarta feira 7 e a morte de Zarqawi, segundo a perícia, deu-se às 19,04 hs.

Correspondente do Washington Post ouviu pessoas em Baquba que viram Zarqawi agonizante, estava algemado nos braços e pernas.
Para a perícia cadavérica, Zarquawi morreu em razão de ferimento no pulmão, que foi ocasionado pelo bombardeio.

MATÉRIA


O exame de DNA já ficou pronto e confirma que o corpo é mesmo do terrorista jordaniano Zarqawi, de 39 anos de idade.

O porta-voz das tropas norte-americanas no Iraque, general Willian Calwell apressou-se em informar que o terrorista Zarqawi não foi torturado e atendido tão logo seu corpo foi tirado dos escombros da casa que lhe servia de refúgio.

A declaração do porta-voz deveu-se ao fato de o jornal Washington Post ter ouvido uma testemunha em Baquba e ela afirmou ter visto Zarqawi agonizante e com algemas nos braços e nas pernas.

Pelo exame necroscópico, Zarqawi faleceu em decorrência de um "ferimento no pulmão", ferimento este causado em conseqüência do bombardeamento: os dois aviões da operação jogaram duas bombas que pesavam 227 kg.

Ao contrário do afirmado oficialmente, Zarqawi morreu um hora após o bombardeio. Portanto, não 15 minutos depois, conforme anunciado. O bombardeamento ocorreu às 18,12 hs do dia 8 de jnho de 2006 (quarta-feira) e a morte, segundo a perícia, deu-se às 19,04 hs. A Task Force retornou à base com o corpo de Zarqawi às 18,40 horas.
Por outro lado, a Al Qaeda já informou que o sucessor de Zarqawi será ABU HAMZA AL MUHAJER.

O site islâmico do grupo terrorista Al Qaeda anunciou a escolha do novo líder da Al Qaeda na Mesopotâmia.

O xeque ABU HAMZA AL MUHAJER sucederá Al Zarqawi. No comunicado consta que “ O xeque Abu Hamza al Muhaje é um irmão devoto e com experiência na guerra-santa e uma sólida preparação religiosa. Pedimos a Deus que o abençoe e o ajude a aquilo que o xeque Abu Musab al Zarqawi havia iniciado”.

A mensagem não informa a nacionalidade do novo líder, mas trata-o como “mujaher” que, em árabe, significa imigrante, ou seja, não é iraquiano.


© 2004 IBGF - Todos os direitos reservados - Produzido por Ghost Planet