São Paulo,  
Busca:   

 

 

Terror//Insurgência

 

TERROR:libertada jornalista americana seqüestrada em 7 de janeiro passado, em Bagdad.

Por IBGF/WFM

Jill Carrol, 28 anos.




A jornalista norte-americana JILL CARROL, de 28 anos, foi libertada (30/3/2006) pelos seus seqüestradores. O seqüestro ocorreu no dia 7 de janeiro de 2006, na parte da manhã e em Bagdad.

Quando ocorreu o seqüestro, Carrol trabalhava como "freelance" para a revista Christian Science Monitor. No dia fatídico, tinha marcado uma entrevista com o líder sunita Adnan al Dualaimi. Estava acompanhada de um intérprete iraquiano, Allan Emwiyah, de 32 anos de idade.

O líder sunita não compareceu ao encontro e Carrol, depois de esperar por quase duas horas, deixou o escritório do líder Adnan, ainda na parte da manhã. Na saída do escritório, acabou seqüestrada por um grupo sunida autodenominado Brigadas da Vingança. O intérprete iraquiano Allan, contato por Carrol, foi metralahado e morto, numa explicita retaliação a quem prestava, ainda que como intérprete e para um periódico, serviços para os norte-americanos.

O grupo de seqüestradores sunitas gravou um vídeo onde Carrol é mostrada (foto ao lado) e exigências foram feitas, além da ameaça de execução. O vídeo foi exibido no dia 9 de fevereiro (seqüestro ocorru em 7 de janeiro de 2006) e se fixou o dia 26 de fevereiro para atendimento das exigências.

A exigência do grupo Brigada da Vingança era a soltura de 8 mulheres que estavam presas e eram acusadas de terrorismo pelas autoridades de Bagdad.
Encontrada em 30 de março na região ocidental de Bagdad, Carrol deu uma breve entrevista:
"Não sei quem me seqüestrou", falou Carrol na sua primeira entrevista, dada à televisão iraquiana. Frisou, ainda, que foi tratada bem e, até agora, não sabe dos motivos que inspiraram os seus seqüestradores.

"Estou feliz de estar livre, o meu único desejo é estar com a minha família, acrescentou Carrol, na breve entrevista". Contou, ainda, que ficou presa num quarto com uma janela lacrada e de vidros escuros. Deixava o quarto apenas para ir ao banheiro.

IBGF, 30 março 2006.


Assuntos Relacionados
© 2004 IBGF - Todos os direitos reservados - Produzido por Ghost Planet