São Paulo,  
Busca:   

 

 

Terror//Insurgência

 

TERROR: Al Qaeda reivindica atentado em Amã. Em Bagdá, 35 mortes. Na Indonésia eliminado terrorista.

Por IBGF/WFM

Na manhã de hoje e pela TV Al JAZEERA, a Al Qaeda reivindicou a autoria das explosões ocorridas em três hotéis de luxo de Amã, por 3 kamicases carregados com explosivos: foram 57 mortos e mais de 300 feridos.

Abu Musab al Zarqawi


A revelação da Tv Al Jazeera não representou novidade, pois o serviços de inteligência da Jordânia já apontava a organização de Bin Laden como responsável pelos ataques.

A Tv Al Jazeera faz referência a um comunicado por internet, assinado pela "Organização da Al Qaeda para o País de Rafidain(Mesopotâmia). Essa organização terrorista tem como chefe Abu Musab al Zarqawi que, de pois de Laden, é o mais procurado pelos EUA.

As três explosões foram quase que simultâneas, nos hotéis Gran Hyatt, Radisson Sas e Days. Esses hotéis hospedam empresários estrangeiros que estão em negócios na capital jordaniana. O hotel radisson é o da predileção de empresários israelitas.

Por outro lado, em Bagdá, morreram 35 pessoas que participavam de uma festa de casamento, num restaurante.

A polícia da Indonésia anunciou hoje (10/11/2005) a morte do terrorista morte do terrorista Hazahari Husin, um dos mais procurados.


Assuntos Relacionados
© 2004 IBGF - Todos os direitos reservados - Produzido por Ghost Planet