São Paulo,  
Busca:   

 

 

Terror//Insurgência

 

BALI: começou a estação das bombas da Al Qaeda.

Por IBGF/WFM



A investigação sobre os atentados em Bali-- teve como ponto de partida as três cabeças intactas dos kamikazes suicidas e um filme registrado por cinegrafista amador.

Terror de matriz da Al Qaeda volta a atacar em Bali, depois de quase três anos, quando ocorreram mais de 200 mortes.


Hoje foi disparado o alerta de risco regional para Filipinas, Singapura, Tailândia e Austrália. E os especialistas em terrorismo alertam para a chamada “estação das bombas”. Isso quer dizer que entre “agosto e dezembro” o terrorismo da rede Al Qaeda sempre explode as suas trágicas bombas.

Os policiais da Indonésia já identificaram, pelas cabeças, os terroristas suicidas. Agora, estão atrás daquele coordenou os suicidas, num ataque que resultou em 26 mortes, até o momento.

A filmagem realizada mostra um dos autores do atentado terrorista com uma mochila nas costas. Ele entra num restaurante e percebe-se que está com a mão direita no bolso, a presumir que controlava o detonador. Na continuação vem a terrificante explosão.

A polícia suspeita que o ataque tenha sido organizado por Azhari bin Husin, natural da Malásia. O terrorista Azhari tem o apelido de "demolidor".

Azhari teria como cúmplice Noordin Mohamed Top. Ambos são membros da Jemaaa Islamya, movimento que quer instalar um Califado fundamentalista na Malásia.

Dentro da Jemaa Islamya, Azhari e Top criaram a facção Troifah Muqatilah, que quer dizer Grupo Combatente. Ambos são considerados violentíssimos e pregam ataques aos turistas, como aconteceu, pela segunda vez, na Malásia: há menos de três anos, o ataque foi em uma discoteca e resultou em 202 mortos.

O modus operandi ocorrido em Bali é igual ao empregado no Iraque por Al Zarkawi, ou seja, múltiplas e simultâneas ações. E os kamikazes suicidas são vistos como mártires da guerra santa. Na verdade, deveriam ser chamados de "os bebês" da Al Qaeda: são usados jovens fanatizados e que pensam no paraíso, numa compensação depois de mortos.

RETROSPECTIVA: 2 de outubro de 2005.

BALI: foram atingidos 3 restaurantes lotados. A matriz terrorista é da Al Qaeda, segundo os investigadores. Para as autoridades de Jacarta, os ataques suicidas têm a matriz da Jamaah Islamiya, considerada o braço da Al Qaeda na Indonésia.

Já se sabe, pelo exame realizado nos pedaços dos corpos dos kamikazes suicidas que as bombas (de dinamite) tinham contato com o próprio corpo. Assim, não estavam apenas em mochilas, como é prática usual de terroristas na Espanha e Inglaterra.

As cabeças dos kamikazes, deslocadas dos pescoços ´com a explosão, foram encontradas em bom estado e isto facilitará a identificação dos terroristas.

O presidente indonesiano Susilo Bambang Yudhoyono não descartou novos ataques, mas destacou que os responsáveis serão capturados em breve e punidos. Os ataques ocorreram quase três anos depois do sucededido em clube noturno de Bali e no qual 202 pessoas morreram.


© 2004 IBGF - Todos os direitos reservados - Produzido por Ghost Planet