São Paulo,  
Busca:   

 

 

Terror//Insurgência

 

TERROR: a foto de um suspeito. Para a polícia, ataque kamikase.

Por IBGF/WFM

a)As telecameras levaram a quatro suspeitos. Estavam juntos até chegarem à Estação de King's Cross. Seriam suicidas, mas a polícia confirma apenas a morte de um dos suspeitos.
Polícia exibe foto de jovem suspeito.






1.Começaram a aparecer os primeiros resultados das investigações ininterruptas feitas pela Scotland Yard. São quatro os suspeitos dos ataques no metrôe e num ônibus.

Todos os suspeitos, segundo a polícia, são muçulmanos, mas com passaporte britânico. Os nomes não foram revelados.

Para o chefe do departamento de terrorismo da Scotland Yard, Peter Clark, um dos terroristas era suicida. Quanto aos outros três, avisou que as investigações concentram-se em alguns corpos, encontrados nos locais das explosões. Ou seja, não descarta Clarke a possibilidade de que todos explodiram junto com as bombas, como kamikazes.

Segundo especulações de fontes não policiais, um dos suspeitos, flagrado pelas câmaras, seria SHAHZAR TANWER, crescido no bairro de Leeds. Outros dois suspeitos também seriam der Leeds. A polícia teria estado em Leeds, na casa onde residiria SHAHZAR. Os vizinhos avisaram que ele estava desaparecido desde quinta feira (7 de julho de 2005), dia do atentado.

Clarke frisou numa coletiva: "Logo depois do sucedido, as investigações conduziram para as atividades e movimentações de quatro homens, três deles originários da área de West-Yorkshire. Estamos, agora, procurando conhecer a movimentação deles nos dias precedenyes ao ataque e, em especial, se todos morreram nas explosões".

Clarke destacou, trambém, o encontro de documentos de três dos suspeitos. E esses documentos estavam bem próximos dos locais das deflagrações. Um dos suspeitos teria morrido no trem que circulava na direção da estação de Aldgate.

Para a polícia, os quatro suspeitos viajaram juntos até a rede ferroviária londrina no dia do atentado. E foram filmados pelas telecâmaras da estação de King`s Cross, pouco antes das 8,30 hs da fatídica quinta feira.

A primeira bomba explodiu às 8,50 hs e todas as composições onde ocorreram as explosões passaram pela estação de King´s Cross, ou seja, os suspeitos se separaram alí e cada um tomou uma direção combinada para os ataques.

A polícia localizou um automóvel suspeito, num estacionamento vizinho ao bairro de Lutton, que é um local de concentração de muçulmanos. O veículo pode ter sido utilizado para dar suporte aos terroristas.

Na casa de um parente dos suspeitos, em Leedss (norte da Inglaterra), a polícia acredita ter encontrado material explosivo. O tal parente encontra-se detido para averiguações.

Num bairro londrino de concentração muçulmana foram vistoriadas cerca de 500 casas populares.


Assuntos Relacionados
© 2004 IBGF - Todos os direitos reservados - Produzido por Ghost Planet