São Paulo,  
Busca:   

 

 

Terror//Insurgência

 

JORNALISTA francesa libertada no Iraque. Chega a Paris depois de 5 meses de cativeiro.

Por IBGF/WFM

Auberras chega a Paris-5 meses em cativeiro.


A jornalista francesa Florence Auberras , que trabalhava no Iraque para o jornal "Libertation" foi libertada, após 157 dias de cativeiro.

Ao desembarcar em Paris foi recebida pelo presidente Jacques Chirac. Está bem de saúde, mas emagreceu bastante.

Sua entrevista coletiva está marcada para terça feira, 14 de junho. Ao desembarcar disse a amigos jornalistas que, no cativeiro, pode ver transmissões pela televisão, com a mobilização dos franceses pela sua libertação imediata.

A solidariedade dos colegas jornalistas e dos frances, disse Auberras, ajudou a manter a esperança. Numa das manifestações transmitidas ouviu de um dos sequestradores a seguinte frase: "diante de tamanha manifestação, nosso objetivo foi plenamente atingido".

enfim, a libertação.


Relatou Auberras que o período de cativeiro foi bastante difícil e muito duro. Afirmou ter visto uma vez o tradutor contratado que a acompnhava, de nome Husseins, igualmente seqüestrado.

La giornalista di "Liberation" arrivata in Francia: "Ho visto in tv le manifestazioni per me. Condizioni dure, sempre legata e bendata". Rilasciato anche l'interprete iracheno. I tre giornalisti romeni: "Era prigioniera con noi"


Assuntos Relacionados
© 2004 IBGF - Todos os direitos reservados - Produzido por Ghost Planet