São Paulo,  
Busca:   

 

 

Terror//Insurgência

 

Balanço de 11 de setembro de 2007. Bush e Petraeus reprovados.

Por Wálter Fanganiello Maierovitch

12 de setembro de 2007.



Para Bush, o dia de ontem foi pesado. O general David Petraeus conseguiu sair-se mal também no Senado e ficou claro que a proposta de retirada de 30 mil homens do Iraque apenas serviu para mostrar a inexistência de um plano alternativo, concreto, no caso de volta à casa pelo corte de verbas pelo Parlamento.

Uma pesquisa , --feita depois do noticiário sobre o depoimento do general David Petraeus no Senado--, mostrou que 60% dos norte-americanos querem que se fixe uma data precisa para a saída das tropas do Iraque.

O general, a repetir o falado na Câmara dos deputados, falou em redução de violência e de atentados, em especial em Âmbar. Só que, apertado pelos senadores democratas, acabou por admitir ser “verdade que existem zonas no Iraque onde não reina a ordem.”
Como ressaltou a imprensa, o general que tinha a parecia um professor na Câmara, virou, no Senado, um estudante assustado.

O Senado foi incisivo e contestou os dados apresentados pelo general com pesquisas colhidas por órgão não governamentais independentes. Enquanto no Pentágono o chefe do estado maior das forças, Peter Pace, recordava a gravidade do ataque e falava diante do muro que recebu o primeiro impacto do avião arremessado pelos terroristas, o presidente Bush sustentava que Bin Laden seria preso: “O prenderemos”

O bola-fora, diretamente de Madrid, ficou por conta do Dalai Lama, líder espiritual tibetano: -“Estamos prontos a entrar Osama. Creio que em alguns casos as suas idéias possam decorrer de incompreensões”
Pano Rápido. Enquanto em vários locais as 2.750 vítimas dos covardes ataques terroristas eram lembradas, rodavam vídeos do sanguinário Bin Laden. Isto a elogiar os seus camicases da intolerância e a pedir que “Alá tenha piedade de todos os 19 terroristas que promoveram diretamente os ataques de 11 de setembro de 2001”.
Depois do sexto ano, continuo com a mesma intenção. Que Alá não se apiede desses assassinos fanatizados. E Delenda a Bin Laden.


Assuntos Relacionados
© 2004 IBGF - Todos os direitos reservados - Produzido por Ghost Planet