São Paulo,  
Busca:   

 

 

Terror//Insurgência

 

Terror. Vídeo é autêntico. Um figurino para cada ocasião. A jihad na web.

Por Wálter Fanganiello Maierovitch

Roma, 8 de setembro de 2007.

Figurino em outubro de 2004: faz o religioso.


1.)É ele. Está vivíssimo.

Tudo confirmado. O vídeo é recente, foi rodado cerca de um mês atrás e a voz é de Osama bin Laden.


Não se trata de sósia, mas o mistério da barba-negra continua. Pode ser mais uma sofisticação dos responsáveis pela imagem de Bin Laden.


Além da barba pintada, -- a contrastar com a esbranquiçada do vídeo de outubro de 2004 (última aparição que se tinha notícia)--, Bin Laden aparece com roupa de líder político.


Figurino de 2007: faz o político.


Em 2004, os trajes eram de um líder religioso. Agora, --embora mantenha as cores amarela e branca de significado religioso--, o hábito obedece o padrão dos usados pelos líderes políticos islâmicos.


Para os técnicos a serviço da Casa Branca, o líder alqaedista aparenta boa-saúde e apresentou fala fluente, sem espaços para recuperação da oxigenação, como sucede com aqueles que se encontram doentes.


2.)JIHAD NA INTERNET.
Existem dois sites dedicados a interceptar mensagens terroristas e identificar troca de mensagens entre membros e simpatizantes da Al Qaeda. São os caçadores do terror na web, como gostam de ser identificados.


Figurino 2001, pós 11 de setembro: faz o guerreiro.


Como já ficou comprovado, os dois sites são eficientes. Demonstraram, várias vezes, resultados superiores aos obtidos pela CIA e a cyberpolícia do FBI.


Os dois sites, Institute e Haganah , confirmaram que o vídeo-mensagem é recente e as mensagens captadas nas infovias do terror consignam que Bin Laden está vivo e gravou o pronunciamento há poucos meses. A respeito, os endereços eletrônicos são os seguintes: www.siteinstitute.org (e) www. Haganah.us


Assuntos Relacionados
© 2004 IBGF - Todos os direitos reservados - Produzido por Ghost Planet