São Paulo,  
Busca:   

 

 

Terror//Insurgência

 

Da Ponte do Século à reorganização da Al Qaeda.Ao lado, logo da Al Qaeda

Por Wálter F Maierovitch/Rádio CBN/Justiça e Cidadania

17 de julho de 2007.

Logo da Al Qaeda.


Impressiona a grandiosidade do projeto da “Ponte do Século”, que ligará a Ásia à África.

Uma mega ponte pênsil atravessará o estreito da Porta das Lágrimas, ou melhor, “Bab el Mandeb”. . E isto para a unir o Iêmen à costa africana do pequeno Djibuti. Os dois países são membros da Liga Árabe.

Apesar do simbolismo, a cúpula da Al Qaeda não vai querer derrubar a Ponte do Século, quando estiver pronta.

E nem vai contar uma velha mágoa do Osama bin Laden: ter sido expulso do Iêmen, país de nascimento do seu pai Mohammed bin Laden (1908-1967).

Bin Laden fora expulso do Iemen por quase afundar, em outubro de 2000, um destroir da Marinha americana, fundiado no Porto de Aden. Morreram 17 marinheiros americanos.

A Ponte do Século será construída pela empresa “Saudi Bin Laden Group”, cujo maior acionista é Tareq Mohammed bin Laden. O referido Tareq é meio-irmão de Osama, por parte de pai.

O pai riquíssimo pai de Osama e de Tareq tinha vitalidade, ou melhor, de 22 esposas e 55 filhos. A incalculável fortuna familiar transmitida pelo patriarca Mohammed está sob administração e de Tareq. Tareq tem 60 anos e consta que se dava bem com o irmão Osama, de 50 anos.

Ponte do Século: ligará a Ásia (Iêmen) à África (Djibuti).



Os 007 da CIA ainda não sabem de onde saíram os US$1,0 milhão gastos na execução do projeto qaedista de 11 de setembro de 2001. Não se tem idéia, ainda, se ocorreu investigação nos grupos financeiros dos Laden.

No momento, os 007 da CIA e o presidente Bush estão preocupados com a chegada de setembro.

Bush e a direção da CIA acabaram de afirmar que a Al Qaeda conseguiu se reorganizar. E a Al Qaeda está tão potente como em setembro de 2001, segundo a CIA e Bush.

Os 007 da CIA não têm dúvida de que a Al Qaeda vai tentar promover um grande ato terrorista em setembro.

O homem mais procurado no momento não é o Osama Bin Laden, que talvez nem mais esteja vivo.

. O mais procurado é Abu Al Yazid, um dos fundadores da Al Qaeda.

Yazid é o ministro das finanças da Al Qaeda. Ele estaria na posse de milhões de dólares para sustentar um mega ataque terrorista no próximo mês de setembro.

Supracitado Yazid foi o caixa que pagou as despesas dos ataques terroristas de 11 de setembro de 2001. O camicase Mohamed Atta, --que explodiu nas Torres Gêmeas--, depositou 300 mil dólares na conta de Yazid, nas vésperas do 11 de setembro.

Era a sobra do investimento, que o camicase Atta, evidentemente, não precisava levar a bordo, naquele trágico e covarde 11 de setembro de 2001.

.


Assuntos Relacionados
© 2004 IBGF - Todos os direitos reservados - Produzido por Ghost Planet