São Paulo,  
Busca:   

 

 

Terror//Insurgência

 

TERROR. Ataque no sul do Líbano mata capacetes azuis da ONU.

Por IBGF/WFM

24 junho 2007.





Ocorreu, neste domingo, o primeiro atentado (explosão de bomba) contra integrantes da Unfil, que representa a força das Nações Unidas estacionada no sul do Líbano. Seis soldados do contingente da referida Unfil foram mortos e dois foram feridos.

Pelo que sabe até o momento, dos seis capacetes azuis (elemento identificador das missões das Nações Unidas) mortos, dois eram espanhois e três colombianos: ainda não foi revelada a nacionalidade de um dos mortos e nem dos dois feridos.<

Até o momento, duas versões foram apresentadas a respeito do atentado. Ou seja, (1)ataque de um camicase que teria se lançado quando da passagem de dois meio-blindados a serviço da Unfil ou (2) bomba depositada à beira da estrada e acionada à distância.br>
Para o ministro da Defesa da Espanha, Jose Antonio Alonso, “houve um deliberado atentado terrorista”, que matou dois soldados espanhois.

O atentado ocorreu nas localidades de Sahel el Derdara, no vale Khiam: Líbano meridional. Este é o primeiro ataque às tropas das Nações Unidas, depois do reforço dos dispositivos em face da “guerra” travada entre Hezbollah e Israel.

Depois do atentado, o movimento xiita Hezbollah soltou uma nota em que reputiava o ataque e frisava que esse tipo de ação “alimenta a insegurança e a instabilidade”


Assuntos Relacionados
© 2004 IBGF - Todos os direitos reservados - Produzido por Ghost Planet