São Paulo,  
Busca:   

 

 

Terror//Insurgência

 

TERROR. Em Madrid, inaugurado o Monumento às vítimas de 11 de março de 2004

Por Wálter Fanganiello Maierovitch

OLHO.

Juan Carlos, rei da Espanha.



Ao lado da estação de Atocha, o rei Juan Carlos inaugurou o monumento à memória das 192 vítimas dos atentados terroristas ocorridos do metrô de Madrid, em 11 de março de 2004.
Uma torre de vidro, com 11 metros de altura, recorda a tragédia causada pelos terroristas. Enquanto isto, prossegue o julgamento de 29 acusados de participação nos atentados em Madri.

MATÉRIA.

O rei da espanha, Juan Carlos, acompanhado do premier José Luis Zapatero, inaugurou, no domingo ( 11 de março de 2007) um memorial ao lado da estação Atocha do metrô de Madrid. O monumento é para recordar as 192 vítimas do terroirsmo fundamentalista islâmico.
Um cilindro de vidro, com 11 metros de altura, abriga, no seu interior, mensagens e escritos sobre a tragédia. Na estação de Atocha ocorreu a primeira das explosões, a que seguiram várias outras, em outros pontos da cidade.
A cerimônia conduzida pelo rei da Espanha e pelo chefe de governo (premier) marcou o terceiro aniversário dos atentados.

O processo criminal contra 29 supseitos de participação continua em curso.

WFM, 12 de março de 2007.


Assuntos Relacionados
© 2004 IBGF - Todos os direitos reservados - Produzido por Ghost Planet