São Paulo,  
Busca:   

 

 

Drogas Ilícitas

 

DROGA: Na 49a.sessão da Comissão de Entorpecentes da ONU, a Cruz Vermelha Internacional defende as políticas de Redução de Danos.

Por IBGF/WFM

OLHO.

"A maldade humana, a discriminação e o estigmatizar o tocodependente mata mais do que a droga", destacou o representante da Cruz Vermelha. Pediu tratamento mais humano aos dependentes químicos de drogas proibidas, a adoção de novas postura pela ONU e apoiou, em documento intitulado "Difundir a Luz da Ciência" as políticas conhecida por Redução de Danos.


MATÉRIA

No curso da 49 sessão da Comissão das Nações Unidas que trata da questão das drogas proibidas, chamou a atenção a intervençao da CRUZ VERMELHA,-- depois de anterior e preocupante apresentação da nova lei criminalizante e proibicionista italiana, a representar um retrocesso: trata-se da chamada Lei Fini, da lavra do vice-premier e ministro de relações exteriores, que integra,-- pela neofacista Aliança Nacional--, a coalizão de apoio ao primeiro ministro Sílvio Berlusconi.

O representante da CRUZ VERMELHA abordou aspectos humanos da questão do toxicodependente, apoiando as iniciativas de redução de danos: -Estamos aqui para recordar ao mundo que a maldade humana, o estigmatizar e a discriminação imposta aos toxicodependentes matam mais do que a droga".

Em outra passagem, frisou que a CRUZ VERMELHA pretende falar em nome dos toxicodependentes, ou seja, daqueles que precisam de um política nova, " em sentido mais humano do que a de agora". Para o representante da CRUZ VERMELHA, a atual política da ONU é "insuficiente".

Na ocasião, o representante da CRUZ VERMELHA apresentou dois documentos. O primeiro com o título: Difundir a luz da ciência", que recorda a reunião de fundação e os princípios norteadores da CRUZ VERMELHA, tudo ocorrido em 1919, em Paris.

. Explicou o representante da CRUZ VERMELHA a razão que levou a escolha do título da obra (Difundir a Luz da Ciência), ou seja, foi para significar o apoio às políticas de redução de danos.


Assuntos Relacionados
© 2004 IBGF - Todos os direitos reservados - Produzido por Ghost Planet