São Paulo,  
Busca:   

 

 

Drogas Ilícitas

 

DROGA: xerife e ex-agente da DEA comandava o transporte de cocaína.

Por IBGF/WFM

O mexicano do Cartel do Golfo envia cocaína colombiana para Houston (Texas) por via marítmas e terrestre. Por terra, é utilizada a fronteira de Nuevo Laredo (México), cidade violenta, onde já foram assassinados, jornalistas, magistrados e policiais.

dois xerifes flagrados. Um era ex-agente da DEA, agência norte-americana antidrogas.


No domingo passado (11 de fevereiro de 2006), foram presos em flagrante dois xerifes de Houston, que faziam o transporte de cocaína para o crime organizado e recebiam pelos "serviços".

Um dos xerifes tinha sido ex-agente da DEA (Drug Enforcement Administration), a agência antidrogas norte-americana que espalha os seus pelo planeta.

Como xerifes, os dois presos não levantavam suspeitas. Usavam a tradicional farda azul e veículos oficiais.

A apreensão ocorrida em Houston foi significativa, conforme revelado pelo FBI, polícia federal norte-americana, que foi encarregado da investigação e das prisões. Os nomes dos dois xerifes não foi divulgado.

Especula-se que agentes do FBI infiltrados em pontos de venda de drogas teriam recebido a informação de que o transporte da cocaína, em Houston, era realizado por dois xerifes.

Um dos xerifes, ainda conforme especulações, teria tido contado com integrantes do Cartel do Golfo, que já conhecia ao tempo da sua atuação na DEA.

A participação de agentes da DEA no tráfico de drogas, -- em face de mudança de lado e corrupção--, tem sido grande, nos últimos dois anos. A respeito, consulte nosso site IBGF.


Assuntos Relacionados
© 2004 IBGF - Todos os direitos reservados - Produzido por Ghost Planet