São Paulo,  
Busca:   

 

 

Drogas Ilícitas

 

MACONHA: risco aos tios da meia-idade.

Por IBGF/WFM

Os fumadores de maconha da meia-idade devem ficar atentos.

Um estudo conduzido pela professora Martha K.Terris, do Medical College of Georgia, concluiu que, na meia-idade, os consumidores de maconha correm risco de contrair câncer de bexiga.

O estudo está publicado na Revista Urology.

A professora Terris e a sua equipe examinaram 52 homens doentes com idade inferior a 60 anos. Depois e para cotejos (comparações), examinaram 104 homens sem problemas de saúde na mesma faixa etária, ou seja, abaixo de 60 anos.Entre aqueles com câncer, 88,5% eram fumantes habituais de maconha.

Quanto ao grupo de doentes (52 homens), -- os pacientes (doentes) na faixa dos 48 anos de idade tinha consumido, em média, um cigarro de maconha por dia. No que toca ao grupo de não doentes, a média foi de 28,5 cigarros de maconha-ano.

A isso se acrescenta que 90% dos analisados,-- de ambos os grupos---, fumavam tabaco.

O estudo concluiu que a maconha (cannabis) pode causarr mais ao câncer do que o tabaco. Isso porque o cigarro de maconha é fumado sem filtro, permanecendo mais tempo nos pulmões. Além disso, a cannabis reduz algumas das funções da bexiga: aumenta a retenção da urina, ou seja, mantém os resíduos (compostos) da maconha mais tempo depositados na bexiga.


Assuntos Relacionados
© 2004 IBGF - Todos os direitos reservados - Produzido por Ghost Planet