São Paulo,  
Busca:   

 

 

Drogas Ilícitas

 

DROGA:cresce entre jovens o consumo de barbitúricos e analgésicos. Caiu o uso do tabaco.

Por IBGF/WFM

1)Acaba de ser divulgado o relatório anual do norte-americano National Institute on Drug Abuse, que analisa o uso de drogas na faixa etária entre 13 e 18 anos.

2)A pesquisa revelou que os jovens estão fumando menos e caiu o consumo de drogas ilícitas. Alertou, no entanto, que é preocupante o consumo de barbitúricos e analgésicos, estes utilizados para inibir dores.

Caiu o consumo de tabaco entre os jovens norte-americanos.


Pelos levantamentos realizados, na faixa entre 15 e 16 anos, 9,5% dos adolescentes usam o analgésico Vicodin (não comercializado no Brasil) e 5,5% o potentíssimo OxyContin. No side do Jornal Saúde (saudeemmovimento.com.br), o OxyContin é coniderado um inibidor de dor mais potente do seu a morfina:

"Na busca de uma solução para acabar com esta situação, cientistas desenvolveram o OxyContin (cloridrato de oxicodona), um medicamento sem o estigma da morfina em vários aspectos no controle da dor, com vantagens adicionais como a liberação contínua e prolongada do opióide, eliminando-se os picos de liberação e impedindo as possibilidades de dependência química. OxyContin é duas vezes mais potente do que a morfina por via oral. Segundo a American Family Physician, enquanto os casos de abuso de drogas envolvem de 9% a 13% de pacientes com dor crônica, a dependência psicológica (vício verdadeiro) é incomum com o uso de opióides de liberação controlada, devido à forma de liberação do cloridrato de oxicodona, que é baseada na tecnologia AcroContin , um novo e exclusivo sistema bifásico de liberação controlada, realizada em duas etapas."
"Com isso, consegue-se manter um nível constante da droga no organismo, dispensando doses exageradas, que aumentam o risco de viciar o doente. Como a dose é menor, efeitos colaterais como vômitos, prisão de ventre, sonolência e falta de ar são quase inexistentes, segundo a Revista Veja. Esses benefícios permitem a indicação de OxyContin para pacientes de cirurgia, reumatologia, ortopedia e traumatologia, oncologia e clínicas de dor, além de outros casos onde a origem da dor seja física.OxyContin não oferece riscos de interação medicamentosa, possibilitando a associação de antiinflamatórios não hormonais ao tratamento, quando necessário.

3)A conclusão mais comemorada no relatório foi a redução do uso de tabaco. Nos últimos 4 anos caiu 19% o consumo.

. O uso de cigarro e tabaco caiu em
a)2% entre adolescentes de 13 a 14 anos; b)1,7% na faixa dos 15-16 anos; c)2,8% entre os pesquisados de 17 a 18 anos de idade.


Assuntos Relacionados
© 2004 IBGF - Todos os direitos reservados - Produzido por Ghost Planet