São Paulo,  
Busca:   

 

 

Drogas Ilícitas

 

DROGAS: a busca dos culpados.

Por IBGF/WFM

Acaba de ser divulgada em Utah uma pesquisa com 4 mil estudantes de escola média que traz de volta, na sociedade norte-americana, a discussão sobre culpas. Ou melhor, a culpa dos pais pelo fato de os filhos consumirem drogas.

.


A última tendência era culpar as "más companhias" dos filhos, que acabam os levando para o consumos de álcool e drogas ilícitas.

Desta vez, a pesquisa levou a conclusões que jogam nas costas dos pais o comportamento dos filhos. Os coordenadores da pesquisa, Stephen Bahr e John Hoffmann, que acham os pais os grande culpados, fornecem a receita aos genitores:
1.Quando os jovens retornam para a casa, os pais devem perguntar onde foram, o que fizeram e com quem saíram.
2.A cada comportamento dos pais, percebidos pelos filhos e a revelar tolerância com relação à maconha, conduz em a 33% de probabilidade de a consumir.
3.A observação e as posturas contrárias às droga por parte dos dos pais levam a um queda de 14% de probabilidade de uso.
Consta, ainda, que os filhos são influenciados pelos amigos, com relação às drogas, quando não têm nunca a opoisção familiar ao consumo de drogas.
Sempre as posições assumidas pelos pais irão influenciar os filhos, apesar de os amigos afirmarem o contrário.
Dos 4 mil estudantes entrevistados na pesquisa e com comportamento nos 30 dias que antecederam o levantamento, 21% consumiram álcool. Mais, 12% deles freqüentaram festas onde foram servidas bebidas alóólocas. Exatos 9% fumaram maconha e 12,5% usaram drogas ilícitas e pesadas por influência de amigos.


© 2004 IBGF - Todos os direitos reservados - Produzido por Ghost Planet