São Paulo,  
Busca:   

 

 

Drogas Ilícitas

 

DROGA-suja: verão europeu- mortes e intoxicações

Por IBGF/WFM

OLHO

Alarme Espanha. Ecstasy líquido e sintéticos contaminados.Droga-veneno, em Ibiza, matou um jovem irlandês de 27 anos. De sexta a segunda foram internados 10 usuários de ecstasy-líquido, vendidos em discotecas. Elaboradas em "fundo de quintal" e vendidas nos lotados balneários europeus neste Verão, as drogas começaram a matar e internar em hospitais usuários. No sofisticado e caro Balneário de Ibiza, na espanhola Costa do Sol, as autoridades sanitárias dispararam o alerta geral.

MATÉRIA

O ecstasy e as metanfetaminas estão entre as drogas sintéticas mais ofertadas no Verão Europeu. Elas são fabricadas em laboratórios clandestinos, chados de "fundo-de-quintal".

As misturas são realizadas por curiosos em química. São usados os componentes disponíveis e extraídos de outros produtos. Por exemplo, o potencializador é tirado dos venenos de rado (raticidas) vendidos livremente no comércio.

Os especialistas que trabalham com redução de danos voltam a lembrar a maior difusão do Pill Testing. Ou seja, laboratórios móveis para, em locais de concentrações de jovens, oferecer serviço gratuito de exame químico da droga apresentada por pessoa que a deseja consumir. Vêm nisso uma forma de evitar (previnir) danos pessoais e custos sociais com internações hospitalares, etc. O caso de maior reprercussão ocorreu com um turista irlandês, em veraneio em Ibiza (Costa do Sol-Espanha). As autoridades de saúde pública de Ibiza declararam emergência e realizam alertas aos turistas. O jovem irlandês morreu intoxicado e 10 pessoas, no mesmo dia, foram internadas com problemas de consumo de droga impura.

Alertou o diretor geral dos serviçoes sanitários da Costa do Sol que o problema maior é com o ecstasy líquido, que matou o jovem irlandês. Segundo essa autoridade, o ácido gama-hidrossibutirrico (GHB) tem sido adulterado, com misturas feitas com outros componentes de risco.

No pronto-socorro de Can Misses (Ibiza) o número de internações por intoxicações espanta a todos. O jovem irlabdês que lá chegou havia consumido ecstasy líquido falsificado. No período de sexta feira (06 agosto 2005) a segunda feira (08 de agosto) foram mais de 10 internações por consumo do tal ecstasy-líquido.

Informaram as autoridades sanitárias, com base no contado pelos pacientes, que as drogas contaminadas estão sendo vendidas nas discotecas.


Assuntos Relacionados
© 2004 IBGF - Todos os direitos reservados - Produzido por Ghost Planet