São Paulo,  
Busca:   

 

 

Drogas Ilícitas

 

CHEFE DA SCOTLAND YARD não quer mudanças na lei que desclassificou a maconha.

Por IBGF/WFM

Policiais contrários a Blair, que quer mandar usuários de maconha para a cadeia.


Os conservadores ingleses, com apoio da dupla Tony Blair e George Bush, querem alterar a lei britânica que desclassificou a maconha para a classe "C", ou seja foi para o elenco das drogas leves.

A lei é de janeiro de 2004 e completou um ano com críticas. O premier Blair, por exemplo, frisou que a nova legislação foi um erro.

A iniciativa para as mudanças, de modo ao policial não se preocupar com o usuário mas com o traficante, foi da Associação dos Policiais Britânicos. Examinadas estatísticas, eles verificaram que os policiais perseguiram os usuários e deixavam sem molestar os narcotraficantes

Essa iniciativa acabou mudando a lei e não mais coube a prisão do encontrado na posse de maconha, para uso prórpio. O policial pode, apenas, apreender a droga e lavrar uma multa, igual ao que acontece com motoristas infratores da lei de trânsito.

Sir IAN: para o chefe da Scotland Yard, o policial prender maconheiro é uma bobagem.


A primeira reação ao movimento conservadore e ao pronunciamento do premier Tony Blair vei do chefe da polícia britânica, Sir Ian Blair: "PRENDER UMA PESSOA ´SOMENTE PELA POSSE DE PEQUENA QUANTIDADE DE MACONHA PARA USO PESSOAL É UMA PERDA DE TEMPO".

Existem tentativas de alteração da lei para prisão do possuirdor, para uso, de maconha mais potente, ou seja,com THC (princípio ativo) mais elevado. Isso também não empolga o chefe da Scotland Yard e os policiais mais experientes. Para eles, quanto muito, a obrigatoriedade de um auto de multa administrativa (não criminal).


Assuntos Relacionados
© 2004 IBGF - Todos os direitos reservados - Produzido por Ghost Planet