São Paulo,  
Busca:   

 

 

Drogas Ilícitas

 

MULAS BOTOZADAS COM COCAÍNA E HEROÍNA: destino Brasil, EUA e Europa

Por IBGF/WFM





MULAS: cirurgia para colocar cocaína e heroína debaixo da pele dos braços.


Nos aeroportos, portos e regiões de fronteira, as polícias, no mundo inteiro, ficam atentas para não deixar passar as chamadas "mulas". Ou seja, aqueles que transportam drogas ilícitas.

Os traficantes que preparam as "mulas" usam de muitos expedientes, que acabam ficando conhecidos, algum dia.

No lugar da carga da caneta esferográficas, "mulas" já transportaram milhares de "micro-pontos" de drogas sintéticas. Já utilizaram, também, malas de fundo falso, salto falso de sapatos e misturas com drogas, a passar por sola de sapato ou papelão.

Em Londres, no aeroporto internacional, o suspeito de "mula" tem de sentar num trono de acrílico. Ou melhor, a mula suspeita de ter engolido recipiente com drogas, fica detido até evacuar. Dependendo daquilo que obrar, ocorrerá prisão em flagrante.

A última da criminalidade organizada é realizar cirurgias nos braços das "mulas". E as cirurgias são realizadas para a colocação, debaixo da pele, de pó de cocaína.

O comandante do Departamento de Polícia da Região Amazônica Colombiana, nesta semana, prendeu 24 "mulas". Todas com cocaína e heroína escondidas debaixo da pele.

Contou o comandante colombiano Rafael Sabogal que agentes policiais infiltrados em organizações criminosas descobriram a nova maneira de transporte, pelas "mulas": droga debaixo da pele.
,br> Esclareceu o referido comandante que as 24 mulas tinham destinos diferentes, ou seja, EUA, Europa e Brasil.

Como se percebe, não falta criatividade para o crime organizado. Pelos cálculos, por debaixo da pele, pós-cirurgias, já passaram, naquele departamento amazônico, 100 kg de cocaína e 49kg de heroína.

É bom lembrar (veja na página inicial do site IBGF-Agora) que no mês passado os policias da Colômbia e dos EUA apreenderam um submarino, construído pelo cartel do Vale Norte, com capacidade para transportar até 10 toneladas de cocaína-pura.


Assuntos Relacionados
© 2004 IBGF - Todos os direitos reservados - Produzido por Ghost Planet