São Paulo,  
Busca:   

 

 

Drogas Ilícitas

 

LEITE COM MACONHA É PROIBIDO NA SUÍÇA

Por IBGF/WFM

Ordenha de leite com cannabis


A última novidade da Suíça foi proibir os fazendeiros de alimentarem as vacas com forragem à base de maconha selvagem.

Segundo um instituto de pesquisa contratado pelo ministério da agricultura, é falsa a crença de que a maconha, dada de alimento às vacas, melhora a qualidade do leite.

O certo é que a forregem de maconha, na barriga da vaca, acaba causando a presença no leite do delta9-tetra-hidrocanabinol (THC), que é o princípio ativo da maconha.

Para o governo, o leite tem de ser puro, ou seja, não pode conter componentes de "THC". Nem a erva canábica com baixo teor de THC pode ser utilizado na forragem, pois apresenta, no leite ordenhado, esse componente.



Recente pesquisa em sangue de uma criança,-- que acabara de tomar leite de vaca alimentada com forragem de maconha--, revelou a presença de THC. Pelo que sabe, a pratica de forragem à base de maconha (marijuana) é muito antiga na Suíça. O uso dessa forragem aumenta no inverno, pois as pastagens ficam cobertas de neve e gelo.

Para o ministério da agricultura da Confederação Helvética, deve-se usar o feno e não forrgens com a erva canábica.

Depois da proibição, algumas brincadeiras foram feitas em jornais italianos, franceses e ingleses: "proibido a vaca-louca".


Assuntos Relacionados
© 2004 IBGF - Todos os direitos reservados - Produzido por Ghost Planet