São Paulo,  
Busca:   

 

 

Drogas Ilícitas

 

PERU: narcoguerrilha ataca 5 helicópteros e policiais.

Por IBGF/WFM

PERU. Narco-guerrilheiros, segundo o governo do Peru, atacaram policiais e tentaram destruir 5 helicópteros que estavam sendo utilizados nos trabalhos de erradicação de folha de coca, na região do Rio Huamuco.

Folhas da coca peruana Tigomaria.


Surpreendidos, os policias conseguiram reagir e nenhuma baixa ocorreu. Os narcoguerrilheiros recuaram e se embrenharam na selva amazônica, também sem mortos ou feridos

Dos 5 helicópteros, três foram atingidos e com danos materiais que impedem a imediata utilização.

O ataque ocorreu às margens do rio Huamuco, a 20 km da Base Militar de Santa Lucía, na cidade de Tingo Maria, conforme informou, com exclusividade, o jornal peruano La República, na edição de hoje, 13 de abril de 2005.

Durante a ditadura de Alberto Fujimori, o seu ministro de informações, Wladimiro Montesinos (já condenado por tráfico de drogas- vide site do IBGF), conseguiu desarticular os dois grupos guerrilheiros que atuavam no Peru e foram formados nos anos 80: Moivimento Revolucionário Túpac Amaru (MRTA) e Sendero Luminoso.

Cinco helicópteros atacados, três foram danificados.


O líder do grupo guerrilheiro Sendero Luminoso, Abimael Gusman, foi preso e exibido como troféus pelo ministro Montesinos, que era, também, agente da CIA norte-americana. Abimael Gusman, com roupa de presidiário (aquelas listradas na horizontal com preto) foi colocado numa jaula e mostrado pelas televisões de todo o mundo

A partir da desarticulação das guerrilhas, Montesinos passou a controlar o tráfico de drogas e fez do Peru uma narco-república.

No momenento e com a migração das áreas de plantio de coca da Colômbia para o Peru (em razão de despejos de herbicidas na Colômbia), o governo peruado anunciou um aumento de 20% nas áreas de cultivo no país.

Organizações criminosas peruanas, como o antigo grupo da família Cachique Rivera, estão articulados com os cartelitos colombianos, para que as fumigações do Plano Colômbia não reduzam o cultivo de coca, que é a matéria prima para a elaboração, em laboratórios, do cloridrado de cocaína. O jornal peruano La República destacou, na edição de hoje (13 de abril de 2005)


Assuntos Relacionados
© 2004 IBGF - Todos os direitos reservados - Produzido por Ghost Planet