São Paulo,  
Busca:   

 

 

Drogas Ilícitas

 

EUA pedem extradição de líder das FARC e de comandante das AUC

Por IBGF/WFM

Os EUA pediram à Justiça colombiana a extradição de Salvatore Mancuso e Simon Trinidal.

Mancuso, um ítalo-colombiano, é o sucessor de Carlos Castaño no comando dos paramilitaraes da Autodefensas Unidas de Colombia (AUC). Simon é um influente membro das Forças Armadas Revolucionarias de Colombia (FARC)

. O momento é favorável, pois a Corte de Justiça colombiana acabou de deferir a extradição do chefão do Cartel de Cáli, Gilberto Rodriguez Orejuela.

Evidentemente, haverá problemas com relação a Mancuso, pois não está preso.

Seu antecessor e amigo, Carlos Castaño, quando soubre que o governo norte-americano estudava o pedido de extradição simulou um atentado e fez divulgar haver sido assassinado. Desde então, encontra-se desaparecido. A respeito do sumiço de Castaño, consulte, neste site do IBGF, a seção Máfias: "mistério e sague-desparecimento do líder dos paramilitares das AUC

Mancuso parece aceitar a trégua proposta pelo presidente Uribe, em troca, evidentemente, de uma anistia e aberta a possibilidade de formação de um partido político de ultra-direita. Portanto, sua extradição será complicada. Até porque os paramilitares são ligados ao Exército e à arapongagem norte-americana, no combate às guerrilhas de esquerda.

Quanto à extradição de Simon Trinidal, cujo nome verdadeiro é Juvenal Ovídio Ricardo Palmeira Pineda, a extradição vai ser concedida, seguramente. Ele foi preso em Quito (Equador), no dia 02 de janeiro de 2004. A prisão deveu-se a um trabalho de inteligência da americana DEA e do serviço segcreto do Exército colombiano.

No pedido norte-americano de extradição, Mancuso é acusado de tráfico internacional de drogas e lavagem de dinheiro.

Pesa contra Simon, nos EUA, acusações de tráfico de cocaína, apoio ao terrorismo a partir de 1994 e co-autoria em seqüestro de norte-americanos residentes na Colômbia.


Assuntos Relacionados
© 2004 IBGF - Todos os direitos reservados - Produzido por Ghost Planet