São Paulo,  
Busca:   

 

 

Drogas Ilícitas

 

Memórias de Adriano. Problemas com álcool,etc.

Por Wálter Fanganiello Maierovitch

3 de setembro de 2007.



O jornal Corriere della Sera, que é editado em Milão, saiu com matéria de primeira página sobre os desatinos do futebolista Adriano, já chamado de “Imperador Adriano” (até em livro) e que não foi inscrito entre os jogadores que disputarão a Liga dos Campeões.

Para encontros amorosos e bebedeiras, Adriano gasta 40 mil euros (cerca de R$120 mil) numa suíte de hotel cinco estrelas que aluga em Milão. Por mês, são 160 mil euros, ou seja, perto de R$480 mil.

Nos embalos noturnos nas discotecas, Adriano é visto permanentemente embriagado: “ubriaco”. Para a Inter, depois de dois anos de tentativas, Adriano é um jogador irrecuperável.

a porno-star do escândalo.


O presidente Moratti fez de tudo para ajudar o jogador, não perder o centroavante e o investimento da Inter: Adriano tem contrato até 2010.

Como destaca o jornal Corriere della Sera, Moratti, que durante anos apoiou o jogador até quando da sentida morte do seu genitor, o distanciamento começou em março de 2007. Isso depois da escandalosa “festa de arromba”, na caríssima discoteca “Firenight” e onde todos os copos transbordantes ficaram vazios.

Na temporada 2006-2007, Adriano só conseguiu marcar seis gols. A separação da companheira brasileira Daniela, com a qual tem um filho, tumultuou ainda mais. Sobrou-lhe mais tempo livre para as bebidas e as mulheres fáceis.

Em 2006, Adriano já tinha protagonizado um “week-end” escandaloso na Sardenha, na companhia da “porno-star” Edelweiss. Referida “porno-star” deu inúmeras entrevistas sobre o final de semana: -“Foi um week-end muito quente, no qual forneci a Adriano argumentos para não falar de futebol”.

Pelo divulgado na imprensa italiana, os “problemas” profissionais de Adriano começaram faz muito tempo. E de nada adiantaram as multas por não comparecimentos aos treinamentos.

Numa entrevista à Gazzetta dello Sport, em julho passado, Adriano revelou ter se desentendido com a esposa e partido para discotecas e casas noturnos: “passei a descarregar cada problema em bebida alcoólica”.

Como em futebol tudo se sabe, a convocação de Adriano, gordo e fora de forma no último mundial, foi mais um erro de Parreira. Segundo os torcedores da Inter, até o anjo gigante do mausoléu romano do imperador Adriano (Castel Santo Ângelo) sabia que a noitadas, álcool e vida esportiva não combinam. Wálter Fanganiello Maierovitch.


Assuntos Relacionados
© 2004 IBGF - Todos os direitos reservados - Produzido por Ghost Planet