São Paulo,  
Busca:   

 

 

Drogas Ilícitas

 

Guerra às Drogas e à insurgência. Oficiais de Israel na Colômbia.

Por Wálter Fanganiello Maierovitch

11 de agosto de 2007.



O comando das Farc (Forças Armadas Revolucionárias de Colômbia) tinha denunciado, em julho passado, a presença na Colômbia de mercenários israelenses e ingleses que estariam a atuar em auxílio às forças armadas colombianas.

Nenhum desmentido ocorreu por parte do governo do presidente Álvaro Uribe, sempre acusado de dar mão forte aos paramilitares que guerreiam com as Farc e o ELN (Exército de Libertação Nacional), ambas organizações de esquerda.

O jornal colombiano “Semana” saiu hoje com a notícia de que um grupo israelense, composto por ex-oficiais do exército de Israel, está colaborando na luta contra os insurgentes e os narctraficantes.

Segundo o jornal, o grupo é formado por três generais e um coronel israelensese reformados, todos especializados em inteligência e contra-espionagem.

A presença dos israelenses decorreria, consoante o jornal “Semana”, de um velho acordo de cooperação celebrado entre o ministro colombiano da defesa com o então ministro israelense Shlomo bem Ami.

Sabe-se, ainda, que quatro oficiais colombianos trabalham como intérpretes, pois os israelenses não falam espanhol.

Wálter Fanganiello Maierovitch, 18,26 hs.


Assuntos Relacionados
© 2004 IBGF - Todos os direitos reservados - Produzido por Ghost Planet