São Paulo,  
Busca:   

 

 

Drogas Ilícitas

 

DROGA NOVA. Grátis. Uso por crianças pobres.

Por Wálter Fanganiello Maierovitch

3 de agosto de 2007.



Nova Droga.

A nova droga não é vendida nas chamadas bocas-de-fumo. Ela pode não custar nada, quando encontrada em ferro-velho ou lixões.

Nos EUA, o perfil do usuário já foi levantado. São crianças pobres. Aquelas que buscam breves momentos de euforia, com a aspiração da nova droga.

Não é verdade, mas por lá afirmam, que essas crianças apreenderam com as brasileiras a consumir a tal droga nova.

Como as crianças norte-americanas aparecem com o nariz, a boca e metade da face, enterrados num saco plástico, veio a comparação com as brasileiras.

Só que as brasileiras aspiram cola de sapateiro ou o famoso “cheirinho da loló”: popular no norte e nordeste, é uma mistura de querosene, esmalte, gasolina, verniz de madeira, embebidos num pano.

Em razão das imagens das nossas crianças terem corrido o mundo, basta surgir um jovem pobre e abandonado, --de tez morena ou negra--, para virar imitador de brasileiro e a falsa percepção de consumo das mesmas substâncias proibidas.

O certo é que as crianças pobres nos EUA, negras ou brancas, foram buscar uma nova substância, “que dá barato”, como se diz no Brasil.
Tal substância é encontrada, de graça, onde são abandonados ou jogados os aparelhos de ar condicionado.
Com efeito. As crianças norte-americanas extraem dos supracitados aparelhos o gás usado na refrigeração, ou seja, o gás freon” .

O gás freon é colocado numa embalagem plástico e as crianças passam a aspirá-lo, com metade do rosto dentro do saco.

Desde que o homem descobriu como “produzir o frio”, ou seja, com o comprimir e descomprimir o gás, várias substâncias acabaram utilizadas nos aparelhos condicionadores. O gás freon veio por último e consiste numa mistura de cloro, flúor e carbono (CFC).

Alertam os especialistas norte-americanos da área médico-sanitária que o uso lúdico (recreativo) pelas crianças é perigosíssimo. Causa lesões irreversíveis no rim, fígado e pulmão.

O gás freon e usado nos “sprays”. Também, no lança-perfume, para gelar o “cloridrato de etila”, que é o líquido que sai e embebe os lenços de cheiradores.

Walter Fanganiello Maierovitch, 17,40 hs.


Assuntos Relacionados
© 2004 IBGF - Todos os direitos reservados - Produzido por Ghost Planet