São Paulo,  
Busca:   

 

 

Drogas Ilícitas

 

Doutor Maconha condenado na Suíça.

Por Wálter Fanganiello Maierovitch

.
Werner Nussbaumer é médico clínico.


Doutor Maconha: condenado.
Werner Nussbaumer é clínico geral na cidade suíça de Gravesano, localizada no Cantão de Ticino.

Apelidado de Doutor Maconha, Werner ficou conhecido internacionalmente por defender a legalização da erva canábica para finalidade médico-terapêutica.

No seu consultório, ele ministrou em 59 pacientes “gotas” de um preparado à base de THC (tetra-hidro-cannabinol), que é o princípio ativo da erva canábica (maconha, no Brasil).

O Dr.Maconha sustenta, com o apoio testemunhal de vários pacientes, ter curado 58 dos 59 pacientes. Conforme revelado, os pacientes sofriam de dores e espasmos. O problema para Werner decorre do fato de no Cantão de Ticino a lei proibir o uso da cannabis , quer para fins terapêuticos, quer para finalidade lúdico-recreativa.

A Corte de Lugano condenou Werner à pena de sete meses de prisão, com execução condicionalmente suspensa. Dois foram os delitos reconhecidos. Primeiro, o emprego da droga proibida para fim terapêutico. Segundo, por ter Werner participado do Conselho da Administração da empresa Gene Bank Technology, que fazia a distribuição ilegal de maconha: tráfico.

Na decisão condenatória, a Corte de Lugano entendeu que Werner, por participar do Conselho da Administração, “não tinha como desconhecer a venda da erva pela Gene Bank Tecnology”.

Werner já fora eleito conselheiro comunal em Ticino, cuja capital é Lugano. Também já esteve ligado ao mundo do entretenimento, tendo atuado na promoção de lutas de boxe, etc.

Sempre polêmico, resolveu na sua clínica realizar tratamentos com emprego de maconha sob várias justificativas. Por exemplo, frisou que os efeitos benéficos da erva canábica são conhecidos há mais de 5 mil anos e, há anos, ser possível no Canadá,-- e vários outros países--, o emprego desse tipo de terapia.

Além da condenação à pena de prisão, cuja a execução ficou suspensa pela outorga de sursis (suspensão condicional), o Doutor Maconha, a título de ressarcimento comunitário, terá de pagar a multa equivalente a 8.200 euros, ou seja, cerca de R$27.000,00.

Para observadores do fenômeno das drogas proibidas, a repercussão internacional da condenação de Werner colocará novamente em discussão o tema sobre o emprego terapêutico (medicinal) da erva canábica.

A propósito, esse tema levou o governo Bush a pedir um pronunciamento da Corte Suprema dos EUA. E a Corte decidiu que a matéria era da competência federal e leis estaduais, a permitir o emprego, afrontavam a lei hierarquicamente maior.

Essa decisão data de mais de ano e, até agora, é vista como solução para caso isolado. Apenas dois estados revogaram a lei que autorizava o uso terapêutico.

WFM, 8/7/2007.


Assuntos Relacionados
© 2004 IBGF - Todos os direitos reservados - Produzido por Ghost Planet