São Paulo,  
Busca:   

 

 

Drogas Ilícitas

 

DROGA. Novo fracasso do governo Blair, já de malas prontas para deixar o cargo de premier.

Por IBGF/WFM



Para a Comissão britânica para a política sobre drogas ilícitas, faliu a luta do governo de Tony Blair na redução da demanda ao uso de drogas proibidas.

O relatório da Comissão foi publicado no domingo, 15 de abril de 2007, pelo respeitado Observer. Segundo o relatório, o número de adolescentes que faz uso de cocaína de aumentou no curso dos últimos 20 anos, apesar das campanha governamentais, incluídas as feitas na mídia e diretamente nas escolas.

Na política britânica sempre se deu importância maior à prevenção, com o objetivo de reduzir o número de jovens que se aproximam das drogas (prevenção primária) e daqueles que fazem uso habitual das substâncias proibidas.

Conforme anota o periódico Observer, o relatório da Comissão de Polícica britânica para o fenômeno das drogas ressalta que " a política britânica baseia-se na crença de que os esforços na prevenção à demanda reduzem o consumo, mas não existem provas concretas a demonstrar que a com a prevenção tenha-se conseguido tal efeito no Reino Unido". Para especialistas, o problema de consumo de drogas ilícitas no Reino Unido é o mais grave da Europa Ocidental. Com efeito: a) em 2005, ao menos uma vez na vida fizeram uso de drogas 40,4% de pessoas entre os 16 e 19 anos;

b)49% delas entre os 20 e os 24 anos;

c) 51% delas na faixa etária entre os 25 e 29 anos;

d) 45,8% entre 30 e i 34 anni. O consumo do haxixe caiu nos últimos tempos entre os bem jovens, no entanto, continuam a fazer uso 50% deles, enquanto aumentou a demanda à cocaína.

IBGF/WFM, abril de 2007.


Assuntos Relacionados
© 2004 IBGF - Todos os direitos reservados - Produzido por Ghost Planet