São Paulo,  
Busca:   

 

 

Drogas Ilícitas

 

MACONHA: Dante Aleghieri era maconheiro?

Por Wálter Fanganiello Maierovitch




A inglesa Barbara Reynolds é uma das mais respitadas estudiosas da vida e da obra de Dante Alighieri.

Recentemente, ela publicou Dante: the poet, the political thinker, the man.
A senhora Reynolds, do alto dos seus mais de 70 anos, deu entrevista ao suplemento literário do Times e afirma não ter dúvida de que Dante consumiu cannabis.

Sobre a conclusão de Reynolds, opinou Giulio Leoni, festejado professor de literatura italiana e que escreveu 3 livros sobre Dante Alighieri. Para o professor Leoni, não existe nenhuma dúvida de Dante ter usado drogas.

. Sobre drogas, Reynolds frisou tratar-se de tema discutido séculos atrás. Na antiguidade eram bem conhecidas as propriedades ativas de algumas plantas, como o ópio e a cannabis. Ainda segundo Reynolds, Dante conhecia bem a farmacopea e sabia que plantas e substâncias podia usar sem riscos.. Ela ressalta, também, que na obra de Dante existe, muitas vezes, um componete imaginário como, por exemplo, no capítulo sobre o Inferno, na Divina Comédia. Com isso quis dizer, ao que parece, que buscou recursos perturbadores, talvez canábicos. WFM, 1 de fevereiro de 2007.


Assuntos Relacionados
© 2004 IBGF - Todos os direitos reservados - Produzido por Ghost Planet