São Paulo,  
Busca:   

 

 

Drogas Ilícitas

 

DROGA: San Patrignano, comunidade terapêutica que dá certo.

Por IBGF/WFM




OLHO.

Drogados irrecuperaveis não existem, mas também não existem drogas não danosas. A frase resume a filosofia da Comunità di San Patrignano, fundada em 1978 por Vincenzo Muccioli.
San Patrignano é conhecida internacionalemnte e está entre as mais bem sucedidas comunidades dedicadas à toxicodependência. CONFIRA. Acesse o site http://www.sanpatrignano.org/

MATÉRIA.

O Fundador da Comunidade de San Patrignani, Vincenzo Muccioli, frisou: -"Entre os problemas que o toxicodependente apresenta, aquele relativo ao consumo de droga é o menos relevante. No centro do drama não está a droga, não está a crise de abstinência, mas está o homem, com os seus medos e os vazios nos quais corre os risco de ser engolido.
Por isto não me agrada dizer o ouvir dizer que a nossa seria uma comunidade de drogados. A nossa é uma comunidade de vida, onde se começa a viver depois de anos passados às margens da sociedade. Pois, se precisamos dar-lhe uma definição, a nossa é uma comunidade contra a marginalização." Seguindo uma tradição de 7 anos, foi organizada e acaba de ser realizada em Milão um jantar para se lograr a autosustentação da Comunidade.
Mais de 500 pessoas, dentre elas altas personalidades do mundo político, artístico e esportivo, compareceram ao jantar que ocorreu na sede da famosa Armani, na via Bergognone.
Na ocasião, foram fornecidos os animadores dados conseguidos pela Comunidade de San Patrignano:
1.de 1968 a 2006, foram recebidos na Comunidade,-- sempre para atendimento gratuito--, mais de 20 mil internos
2.a Comunidade nunca quis receber ajuda governamental e nada pagam as pessoas em tratamento. Muito menos os familiares dos internos.
3.O custo anual para manutenção de Patrignano é superior a 24 milhões de euros ao ano. Nem querendo as famílias de pessoas internadas podem pagar por despesas, tudo conforme previsto no estatuto da comunidade.
4.San Patrignano funciona o ano todo com capacidade máxima, ou seja, 1.500 pessoas em tratamento.

5.A comunidade recebe mais de 9 milhões de euros de doações, de pessoas físicas e jurídicas não só italianas.

No jantar realizado foram fornecidos catálogos dos produtos que a Comunidade de San Patrignano venderá para o Natal, todos feitos pelos internos:
http://www.sanpatrignano.org/

IBGF-WFM, 5 de dezembro de 2006. .


Assuntos Relacionados
© 2004 IBGF - Todos os direitos reservados - Produzido por Ghost Planet