São Paulo,  
Busca:   

 

 

Drogas Ilícitas

 

DROGAS. Deputado italiano afirma que plantou maconha nas floreiras da Câmara.

Por Wálter Fanganiello Maierovitch

Câmara dos Deputados- Palazzo Montecitorio.


O deputado Francesco Caruso, da Rifondazione Comunista, revelou, em entrevista, que plantou maconha nas floreiras do páteo interno do Palazzo Montecitorio, sede da Cãmara dos Deputados.

Na mesma entrevista, Caruso,-- um jovem deputado e em primeiro mandato--, disse já se pode ver a germinação.

As suas declarações levaram à suspensão dos debates sobre o importe projeto de lei financeira, que divide o Parlamento italiano.

O presidente da Câmara, Fausto Bertinotti (da Rifondazione Comunista como Caruso), não quis interromper os trabalhos, mas apartes regimentais voltaram ao tema do plantio.

Deputado FRancesco Caruso, da Rifondazione Comunista.


No final do dia e durante jantar numa trattoria em San Lorenzo, Francesco Caruso disse que não havia plantado e que tudo não passava de uma provocação, no momento em que a Ministra da Saúde baixava polêmica tabela para, pelos gramas apreendidos, enquadrar o portador de marijuana como usuário ou como traficante.

Caruso frisou, também, sentir-se temeroso de um seu desafeto,-- diante das susas declarações---, ter seminado cannabis nas floreiras: tudo para prejudicá-lo. Antes disso, no entanto e quando a confusão ainda não havia tomado proporções gigantescas, Caruso, ao telefone, falou que havia seminado, mas o terreno era árido, o ambiente cinzento e esfumaçado: " La marijuana vuole il sole" (A marijuana quer sol).

A oposição já avisou que irá, todos os dias, verificar as floreiras da Câmara. E desconfia ter Caruso disseminado sementes de maconha por parques italianos.

IBGF, 16 novembro de 2006.


Assuntos Relacionados
© 2004 IBGF - Todos os direitos reservados - Produzido por Ghost Planet