São Paulo,  
Busca:   

 

 

Drogas Ilícitas

 

DROGA: Quem paga a conta do hospital público?

Por IBGF/WFM

IBGF, outubro de 2006,
OLHO. Na Austrália cresce o número de acidentes nas estradas decorrentes do uso de drogas ilícitas por motoristas imprudentes.

Lei deste ano de 2006, e para casos de drogas lícitas e ilícitas, prevê a testagem preventiva nas estradas.

Agora, surge um projeto de lei (outubro de 2006), do deputado Steven Ciobo, que prevê, se aprovada, dever o motorista drogado,-- causador de acidentes nas estradas e nas ruas--, pagar a conta da internação em hospitais públicos.

Deverá pagar a conta dele e a das vítimas, conforme permitir a sua situação econômica-financeira.

...............................

MATÉRIA.

Deu entrada no Parlamento australiano o projeto do deputado liberal Steven Ciobo que vai gerar polêmicas, como previsto nos jornais.

O autor do projeto acha justo e necessário que o drogado causador de acidentes, nas estradas e nas cidades, pague as despesas médico e hospitalares.

Seu projeto de lei fala em uso de anfetaminas e outras substâncias tóxicas proibidas, a abarcar drogas lícitas (álccol) e ilícitas (maconha, etc).

Pra o deputado, "ocupam leitos nos hospitais públicos, são transportados em ambulâncias e geram custos que poderiam ser empregados com outros doentes e na prevenção de acidentes"

O novo projeto de lei teve a cautela de estabelecer que o pagamento será limitado à capacidade financeira do drogado causador do acidente.

IBGF,06/10/2006.


Assuntos Relacionados
© 2004 IBGF - Todos os direitos reservados - Produzido por Ghost Planet