São Paulo,  
Busca:   

 

 

Máfias/Dinheiro Sujo

 

MÁFIA-PROVENZANO (3): O berro do filho de Totó Riina.

Por Wálter Fanganiello Maierovitch

IBGF,27 de abril de 2006. OLHO,

Provenzano, quando preso, em 11 de abril de 2006.


No cárcere-especial da penitenciária localizada na cidade de Terni (Úmbria), menos de 15 metros separam as celas de Provenzano (natural de Corleone), chefão da Cosa Nostra preso no dia 11 de abril (2006), e Giovanni Riina, filho do sanguinário Totó Riina (natural de Corleone).

Totó antecedeu Provenzano no comando da Cosa Nostra e foi o responsável pela declaração de guerra ao Estado italiano (1992-1993).

Apelidado de a "Besta Fera", Totó Riina ficou foragido 24 anos, sem sair da Sicília e foi preso em janeiro de 1993. Ele e o seu grupo de Corleone (incluído o igualmente sanguinário cunhado Leoluca Bagarella- ministro do exército da Cosa Nostra e igualmente preso), desconfiam terem sido delatados por ordem de Provenzano.

O filho de Riina, condenado à pena de prisão pepétua por homicídios, gritou da cela de Terni: "Este esbirro, o mandaram aqui?". No jargão mafioso, o esbirro (policial) significa traidor, por não estar do lado da Cosa Nostra.

.................
MATÉRIA

Para os magistrados antimáfia e a direção do sistema penitenciário de Terni, nunca haverá, no estabelecimento prisional, um encontro de Bernardo Provenzano com Giovanni Riina, filho de Totó Riina.

Ambos estão em regime de isolamento absoluto, ou seja, sem qualquer possibilidade de se encontrarem em pátios reservados para "banho de sol" ou em dependências de lazer coletivo (quadra esportiva).

Apesar da impossibilidade, os agentes penitenciários lavraram um termo de registro de ocorrência e repassaram aos magistrados da Procuradoria de Palermo.

Segundo a ocorrência, o filho de Riina, da sua cela, viu Provenzano passar pelo corredor. Aí, combinando ironia e gargalhadas, berrorou com todos os pulmões: "Este esbirro, o mandaram aqui? Nada de boss, é um esbirro.


Assuntos Relacionados
© 2004 IBGF - Todos os direitos reservados - Produzido por Ghost Planet