São Paulo,  
Busca:   

 

 

Máfias/Dinheiro Sujo

 

MÁFIAS: Medellin coberta de cartazes anunciando Pablo Escobar para presidente

Por IBGF/WFM

IBGF,6 de abril de 2006. A cidade de Medellín acordou com os seus muros e postes cobertos de cartazes de Pablo Escobar Gaviria, como se fosse candidato à presidência da República, a concorrer contra Álvaro Uribe (atual presidente e candidato à reeleição) e Carlos Gaviria, candidato de esquerda.

Foto do cartaz corresponde ao do primeiro indiciamento de Escobar, por furto de placas de bronze de túmulos de cimitérios.


Morto pelo Bloco de Busqueda,-- grupo especial treinado pelos norte-americanos--, Escobar comandou fundou e comandou o Cartel de Medellín.

Apelidado de "El Patrón", escobar faleceu, com o revólver em punho e em cima do telhado de uma casa, em 2 de dezembro de 1993. É considerado um dos maiores traficantes do mundo, de todos os tempos. Ainda hoje, o seu túmulo é objeto de peregrinações.

Nos bairros pobres, são cantados os chamados "corridos" e Escobar é sempre lembrado. Segundo afirmava, 3 milhões de colombianos viviam da "indústria da cocaína", operada por Escobar e o seu Cartel de Medellin.

Além de ter montado o maior laboratório de refina de cocaína, em local chamado de Tranquilândia (levava esse nome porque a polícia não incomodava), Escobar tinha uma frota de aviões, chama de Expresso da Cocaína.

Até o momento, ainda não há uma explicação sobre o motivo dos cartazes. Especulaç~~oes existem e são as mais variadas: provocação, gozação, interesse da direita de Uribe, da esquerda, etc.

No dia anterior, convém observar, o candidato da esquerda, Carlos Gaviria, havia dito que "falira o viés repressivo dado à questão das drogas e havia necessidade de se abrir um grande debate internacional sobre o tema". Nos cartazes, a foto (veja a foto acima) mostra um Escobar jovem, quando foi indiciado e condenado a primeira vez por roubo de lápides de bronze em túmulos de cemitérios.


Assuntos Relacionados
© 2004 IBGF - Todos os direitos reservados - Produzido por Ghost Planet