São Paulo,  
Busca:   

 

 

Agora

 

Presente de aniversário de Bento XVI nas livrarias e bancas

Por Wálter Fanganiello Maierovitch- Terra Magazine.

IBGF, 17 de abril de 2012.
De Roma, especial para Terra Magazine.


Penas que elogiam



Ontem, Joseph Ratzinger completou 85 anos de idade. Na próxima quinta-feira, outra data marcante agitará o Vaticano, pois Bento XVI cumprirá o sétimo ano de pontificado.

Ao monsenhor Georg Gaenswein, secretário particular, coube cuidar do presente natalício do pontífice e dar a ele uma difusão planetária.

Georg, de 56 anos, doutor em teologia, docente de direito romano e esquiador emérito foi o organizador de uma coletânea de artigos sobre o pontífice máximo da Igreja Católica Apostólica Romana.

O monsenhor que acompanha permanentemente o papa Bento XVI escolheu 20 vultos de diversos ambientes da sociedade civil alemã para compor uma coletânea de 119 páginas e cujo título, em alemão, é Benedikit XVI, Prominente Ueber den Papst. Um dos participantes da coletânea é Franz Beckenbauer, o Pelé da Alemanha. Pelo que se sabe, todos os colaboradores, nas opiniões contidas nos escritos, mantiveram a linha do “politically correct”.

O livro foi editado pela Media Maria Verlag e estará disponível em todas as línguas. Conforme entrevistas publicadas nos jornais europeus de hoje e ontem, Georg quis mostrar que Bento XVI “é um papa de coragem e de ações”. O monsenhor-secretário ressaltou que a “imagem do Santo Padre foi com muita intensidade apresentada de um modo deformado e distorcido e ele é um homem de coragem e de palavras”.

Está claro que o objetivo de Georg foi de aproveitar a data natalícia de Ratzinger para melhorar a imagem do papa Bento XVI. Um papa visto por muitos como inquisidor diante do longo período que esteve à frente da Congregação da Doutrina da Fé, o antigo Santo Ofício, de triste memória.

Como poucos se dedicam à leitura de encíclicas papais, e a do atual intitula-se “Deus é amor” (Deus caritas est), a coletânea idealizada e organizada pelo elegante e jovial monsenhor Georg serve para mostrar o lado de um aniversariante virtuoso, de acordo com as penas de pessoas que o conhecem.

Para Georg, o papa Bento XVI tem muita coragem. Não teme enfrentar questões delicadas e nem mesmo, como frisa em latim, o confronto ad bonum fidei et Ecclesiae. No coração do papa Bento XVI, consoante juízo formulado pelo secretário Georg, está a “questão da relação entre a fé e a razão e entre a religião e a renúncia à violência”.

Pano rápido. O presente de Georg, com 20 opiniões e 119 páginas, vai se transformar em veículo de propaganda. O julgamento da história poderá ou não dar razão aos que contribuíram com a coletânea e a elaborar um “retrato” sobre Ratzinger.


© 2004 IBGF - Todos os direitos reservados - Produzido por Ghost Planet