São Paulo,  
Busca:   

 

 

Agora

 

Berlusconi em maus lençóis. Será julgado por três mulheres e rito breve

Por Wálter Fanganiello Maierovitch- Terra Magazine.

IBGF, 15 de fevereiro de 2011.





--1. O premier italiano Sílvio Berlusconi está em maus lençóis.



Não bastasse a repercussão internacional dos protestos de domingo, com milhares de mulheres nas ruas e praças a pedir a sua renúncia da chefia do governo italiano e respeito à dignidade feminina, o premier sofreu, hoje, mais dois duros golpes.



A juíza Cristina Censo cumpriu o prazo de cinco dias previsto em lei.



Além de aceitar abrir processos contra o premier por crimes de desfrutamento de prostituição infantil e concussão, a magistrada Censo aceitou o chamado “julgamento imediato”. Ou seja, um rito breve em face das provas existentes e que instruíram as acusações.



No “juízo imediato” o réu Berlusconi será julgado por um Colégio Julgador.



E esse Colégio, -- que pertence à quarta seção judiciária do Tribunal de Milão--, é integrado por três mulheres: Carmem D´Elia, Orsolina De Cristofaro e Giulia Turri.



A ouvida e defesa do réu Berlusconi está marcada para 6 de abril, às 9,30 hs.



Segundo informações colhidas por este blog Sem Fronteiras de Terra Magazine o premier não deverá comparecer.



Para os dois advogados do premier (dois advogados eleitos deputados pelo partido de Berlusconi), a competência para julgamento não é de Milão.



No dia estabelecido, os advogados irão argüir a incompetência territorial de Milão. Enquanto isso, Berlusconi vai voltar ao discurso de que é perseguido pelos magistrados de Milão. Os de “toga vermelha” (comunistas), como diz sempre.



--2. O processo trata do caso da marroquina Ruby, menor de idade quando freqüentava as orgiais promovidas pelo premier Berlusconi.



A concussão consistiu em se aproveitar do cargo de primeiro-ministro para exigir, com base numa mentira ( a menor marroquina seria sobrinha do então presidente Mubarack, que era do Egito e não de Marrocos), a liberação de uma menor Ruby custodiada, por crime de furto, em departamento de polícia.



Vale lembrar que inúmeras ligações telefônicas e SMS foram trocados entre Berlusconi e Ruby, bem antes de ela ser custodiada.



Ruby tinha o número e ligava direto para o celular de Berlusconi. Sobre isso, a prova é fartíssima.



--3. Como já lembramos em post anterior, o presidente Giorgio Napolitano pensa, com base no artigo 88 da Constituição, em dissolver o Parlamento e antecipar as eleições.



O problema é que a oposição, em especial a esquerda italiana, não se acerta. E a desunião, a divisão de forças, como até as pedras do Coliseu sabem, poderá levar a uma nova vitória de Berlusconi.

--Wálter Fanganiello Maierovitch—

Em tempo: para quem parece sofrer de incontroláveis impulsos priapistas ( de priapismo), estar em maus lençóis acarreta insondáveis dificuldades. WFM.


Assuntos Relacionados
© 2004 IBGF - Todos os direitos reservados - Produzido por Ghost Planet