São Paulo,  
Busca:   

 

 

Agora

 

Epidemia de violência em estados nodestinos. No Rio de Janeiro, avanço positivo no contraste ao crime organizado.

Por Wálter Fanganiello Maierovitch- Terra Magazine.

IBGF, 07 de fevereiro de 2011.




--1. Não existe nada pior para a criminalidade organizada do que perder os controles de território e social e, por consequencia , experimentar desfalque patrimonial.

Ontem, no Rio de Janeiro, sem disparar um único tiro, o Estado retomou os controles de território e social de nove favelas anteriormente governadas por facções do Comando Vermelho: Zinco, São Carlos, Mineira, Querosene, Fogueteiro, Prazeres, Escondidinho, Fallet, Coroa. De quebra, apreendeu expressiva quantidade de drogas ilícitas e de munições para armas de grosso calibre.

Nessas nove favelas, mais de 26 mil moradores eram obrigados a seguir as ordens impostas por uma criminalidade organizada de matriz mafiosa, ou seja, caracterizada pela conquista de espaço físico e por manter a comunidade subjugada.

Os membros do crime organizado, -- corretamente pré-avisados da ação integrada das forças de ordem, deixaram as áreas e migraram para outras localidades, sem resistência.

Para uma organização acostumada, há anos, a difundir o medo na população e de se mostrar como mais forte que as forças do Estado, a debandada resultou em mais uma humilhação: a primeira foi no Complexo de Alemão, com fuga em massa mostrada pela televisão.

Perda de prestígio e desmoralização de uma associação delinqüêncial , por evidente, gera, na comunidade, confiança e nas forças de ordem.

Além dos mais de 26 mil moradores diretamente beneficiados com o fim da “secessão criminal”, outros 500 mil moradores de bairros do entorno foram beneficiados com a queda do império delinquencial.

Convém lembrar que a retomada de territórios pela forças de ordem abre caminho para a instalação segura de uma Unidade de Polícia Pacificadora (UPPs), que é complementada por um pacote de ações sociais necessárias. Na área ocupada pelas nove favelas supracitadas serão instaladas três UPPs.

Enquanto o Rio de Janeiro implanta, sem sangue derramado, as UPPs, o México continua a perder para o crime organizada a guerra iniciada pelo presidente Felipe Calderon em dezembro de 2006.

A guerra de Calderon resultou, até agora, em mais de 30 mil mortes, sendo que cerca de 70% dos falecidos não tinham ligações com os cartéis ou com ações criminais.

--2. Para a Organização Mundial da Saúde (OMS), mais dez assassinatos num universo de 100 mil habitantes significa ingresso numa zona de descontrole estatal, pelas suas forças de ordem. Numa imagem, equivale a uma epidemia criminal.

Com exceção de Pernambuco, os estados como o Maranhão, Piauí, Paraíba, Rio Grande do Norte, apresentam intolerável escalada de violência.

Na Bahia, no arco temporal entre 2006 e 2010, os homicídios passaram de 3.322 para 4.856, a significar aumento anual de 50,72%.

Nos últimos dez anos, o número de homicídios dolosos cresceu 242% no Maranhão. No Piauí, o aumento foi de 203%, enquanto Rio Grande do Norte e Paraíba chegaram a 178% e 158%.

As conclusões acima mencionados são do professor José Maria Nóbrega, da Universidade Federal de Campina Grande. Ele analisou dados do Sistema de Informação sobre Mortalidade (SIM), do Ministério da Saúde. O trabalho do professor Nóbrega está destacado no jornal O Globo de hoje, com matérias dos jornalistas Marcelo Remígio e Rafaela Anunciação.

--3. PANO RÁPIDO. O maior empecilho para contrastar a criminalidade e a violência está na organização em federação. Cada unidade federativa conta com quatro polícias (civil, militar, federal e rodoviária federal. Deixei fora a municipal, pela competência reduzida), dois ministérios públicos (estadual e federal) e duas Justiça criminais (estadual e federal). A comunicação entre os órgãos é ineficiente. Idem com relação à troca de informações e às ações coordenadas entre diferentes unidades federativas.

-- Walter Fanganiello Maierovitch--


Assuntos Relacionados
© 2004 IBGF - Todos os direitos reservados - Produzido por Ghost Planet