São Paulo,  
Busca:   

 

 

Agora

 

Lei Racista do Arizona pode ser copiada por 20 outros estados americanos.

Por Wálter Fanganiello Maierovitch- Terra Magazine.

IBGF, 29 de julho de 2010.


xerife Joe Arpaio.



--1. No período da tarde, os adeptos de uma sociedade multiétnica nos EUA saem às ruas na capital do Arizona.



A meta é protestar contra a lei estadualSB170.



Essa lei entrou em vigor hoje e é considerada racista por perseguir imigrantes sem autorização de permanência.



No estado do Arizona residem e trabalham grande parte dos 11,9 milhões dos imigrantes considerados em situação irregular. Muitos estão por lá há mais de vinte anos.



Os conservadores, apoiadores da lei estadual SB170, prometem sair às ruas para enfrentar os manifestantes contrários.



Do lado dos conservadores estará o xerife Joe Arpaio, de 78 anos e apelidado de “Joe, o duro”.



Arpaio avisou que já ergueu inúmeras barracas no deserto, onde colocará os imigrantes presos por não portarem documento norte-americano.



De perfil filo-nazista, o xerife Arpaio declarou: - “Já preparei as celas do novo cárecre. Serão barracas, no deserto do Arizona, com temperatura até 50 graus. A prisão é uma punição, não uma cura em termas”.



Ontem, a juíza federal Susan Bolton suspendeu os efeitos do artigo da lei estadual que obriga a polícia do Arizona a prender os imigrantes que, na abordagem, estiverem sem documentos. São esses que o xerife promete prender no deserto, até a efetivação das suas expulsões do país. Em outras palavras não cumprirá a ordem judicial.



A juíza federal Bolton atendeu a tese sustentada pela Casa Branca e pela Associação para os Direitos Civis nos EUA. A decisão judicial, já atacada por recurso de apelação, considerou que toda a matéria referente à imigração clandestina é da competência federal e não estadual.



--2. A situação na zona oeste de Phoenix, coração latino da capital do estado do Arizona, é desesperadora, segundo as informações veiculadas na mídia.



Sob risco de prisão, mães entregam os filhos pequenos a amigos norte-americanos. Também, confiam as senhas bancárias para que os referidos amigos façam os saques necessários para sustentar os filhos carentes em custódia.



--3. Dados do governo dos EUA, baseados no censo de 2008, revelam que 12,5% da população é composta de imigrantes.



Os que residem irregularmente (sem visto de permanência), como já frisado acima, são estimados em 19,9 milhões.



Do México emigram e se estabeleceram nos EUA cerca de 11,4 milhões de mexicanos. Para as autoridades federais norte-americanas, do total dos imigrantes, 30,1% são mexicanos.



--4. PANO RÁPIDO. Cerca de 20 estados discutem a adoção de uma lei igual a do Arizona.



Certamente, não haverá dificuldade, nesses estados, em encontrar um nazi-fascista como Joe Arpaio para xerife, garantidor da “lei e da ordem”.

-- Wálter Fanganiello Maierovitch--


Assuntos Relacionados
© 2004 IBGF - Todos os direitos reservados - Produzido por Ghost Planet