São Paulo,  
Busca:   

 

 

Agora

 

Lavagem de Dineiro sujo. Cerimonialista do papa Bento XVI se diz apavorado.

Por Wálter Fanganiello Maierovitch- Terra Magazine.

IBGF, 11 de maio de 2010.




Monsenhor Camaldo, de óculos, em atividade pré-litúrgica.








1. Em post publicado pelo IBGF, contei, diante da investigação conduzida pela magistratura do Ministério Público e no chamado inquérito sobre Grandes Eventos e Obras Públicas, suspeitas que pesam contra o monsenhor Camaldo.


Ele é suspeito de tráfico de influência no Vaticano e de lavar, como laranja, dinheiro da dupla Diego Anemone (construtor) e Angelo Balducci (empresário).


A dupla Anemone e Balducci é acusada de comandar um esquema de ilícitos, em especial de superfaturamento de obras públicas, fraudes fiscais e montagem de uma “lavanderia de dinheiro sujo”.


O circuito da lavagem passaria por políticos, clérigos e instituições religiosas.


A propósito, Balducci faz parte, como leigo, da Propaganda Fide, ex-Santo Ofício. Por essa instituição, conforme revelado ontem pela imprensa italiana, teria circulado dinheiro sobre compra e venda de apartamentos reformados e negociados por Anemone e Balducci,


O recém-demitido ministro de Obras Públicas, Claudio Scajola, está, desde quinta-feira, recolhido na sua cinematográfica villa na cidade de Impéria (Riviera dei Fiori). Sem falar com a imprensa, ele procura construir uma versão para explicar — aos magistrados do ministério Público que cuidam da investigação sobre Grandes Eventos e Obras Públicas — a compra que fez de um magnífico e valioso apartamento com vista ao Coliseo de Roma. Parte do dinheiro foi fornecido pela dupla Anemone e Balducci.


Por outro lado, o clérigo Evaldo Biasini, de 83 anos, é apontado, diante de prova documental, como gestor de um Caixa 2 montado pela construtora de Anemone e pelo empresário Balducci.


O monsenhor Camaldo, conforme relato feito aos magistrados de Perugia por Laid Bem Hidri Fathi estava envolvido e colaborava com a dupla de empreendedores. Fathi era motorista particular de Balducci e o levava aos encontros com o monsehor Camaldo.


A propósito, quando da prisão preventiva de Balducci, o monsenhor Camaldo saiu em sua defesa, com declarações à imprensa: “Estou condoído com a prisão de Balducci, que é uma pessoa limpa”.


2. Monsenhor Francesco Camaldo, de 58 anos de idade e 24 de sacerdócio, é velho conhecido da magistratura inquirente (Ministério Público). Por exemplo, foi indagado sobre por que o big-boss Enrico De Pedis, chefão da famosa Banda da Magliana de Roma, foi enterrado no interior da igreja de Sant´Apolinare.


Amigo íntimo do herdeiro presuntivo do reino da Itália, Vittorio Emanuelle di Savoia, testemunhou Camaldo a respeito de suspeitas de Vittorio Emanuelle, depois da volta do exílio, estar envolvido em negócios fraudulentos com a maçonaria: o “rei presuntivo” ficou preso por mais de um mês.


Camaldo acompanha o papa Bento XVI nas celebrações e cuida da parte cerimonial. É Camaldo que coloca o solidéu na cabeça do papa. Também segura o microfone nas missas e quando fala o papa: http://www.youtube.com/watch?v=iKyBBKM9XEc&feature=related


Além de cuidar da indumentária, Camaldo trabalha secretariando o conclave de eleição do papa. Ele sabe tudo que acontece quando se escolhe um papa. Que se dá, segundo se acredita e difunde, pela intervenção do Espírito Santo.


O monsenhor frequenta a alta sociedade. Camaldo é celebridade e, como tal, é obrigado a frequentar um ambiente marcado pelo gossipe (de fofocas).


De modo ativo, o monsenhor Camaldo participa da organização, todo 29 de junho, do recolhimento de doações para o Óbulo de São Pedro e São Paulo: uma tradição surgida na Idade Média que consiste na coleta de fundos entre católicos espalhados pelo mundo e destinada à sustentação das obras sociais e caritativas de iniciativa do papa.


3. Para interessados, fica a informação do blog de monsenhor Camaldo http://www.francescocamaldo.it/


Mais ainda, pelo YouTube, ele declama orações:

http://www.youtube.com/watch?v=EFwzHzLZvG8.


Caso queira ser amigo ou prestar solidariedade, acesse o seu facebook:


http://it-it.facebook.com/people/Francesco-Camaldo/100000036871078


Wálter Fanganiello Maierovitch


Assuntos Relacionados
© 2004 IBGF - Todos os direitos reservados - Produzido por Ghost Planet