São Paulo,  
Busca:   

 

 

Agora

 

As Garotas de Programa do premier italiano Silvio Berlusconi

Por Wálter Fanganiello Maierovitch- Terra Magazine.

IBGF, 21 de junho de 2009.

Barbara Montereale



A semana foi pesada em termos de más notícias. E o caradurismo do presidente do Senado, José Sarney, só convenceu a sua filha Roseane, que ganhou recentemente no Tribunal Superior Eleitoral, sem ter votos suficientes, o governo do estado do Maranhão.
Por tudo isso, saio da nossa conhecida república bananeira e escrevo sobre uma outra, a macarrônica. Tenho certeza, essa citada república macarrônica está fazendo o meu avô molisano (Molise-Itália), Bernardino Fanganiello, girar no túmulo do cemitério do Araçá, em São Paulo. Com efeito, apresento aos leitores deste blog “Sem Fronteiras”, de Terra Magazine, algo tragicômico, ou melhor, macarrônico.



Patrizia D´Addario


O protagonista é o premier Silvio Berlusconi, o homem mais rico da Itália: cada “michê” varia de 3 a 10 mil euros (multiplique por três e o leitor terá o valor em reais).

Berlusconi considera-se um galã irresistível e, com plásticas, implantes capilares, tinturas de cabelo, pensa ter descoberto a fonte da juventude.



Com a ajuda do jornalista italiano Paolo Manzo, do La Stampa de Torino (3 maior em circulação na Itália), este blog preparou a galeria de “Garotas de Programa do Berlusconi”.



As “garotas de programas” atendem ao primeiro-ministro italiano Silvio Berlusconi até no Palazzo Grazioli, que é a residência oficial destinada ao chefe de governo.

Ates de mostrar as fotos, um registro. No final de semana, o advogado de Berlusconi, que é deputado eleito em lista do partido do premier, já avisou que pelo código Penal italiano não se pode enquadrar, no crime de favorecimento à prostituição, -- objeto de apuração em Bari (Puglia)--, aquele que desfruta das “ragazze squilo”, como são chamadas as shows-girls na Itália. Além disso, frisou que Berlusconi nunca pagou nada para mulheres. #foto2744##

A propósito, no início da semana, Berlusconi negou que fizesse programas com mulheres. Os filmes, as conversas telefônicas gravadas e testemunhos, pegaram, mais uma vez, o premier na mentira.

Por exemplo: Patrizia D´Addario, que mora em Bari e tem agenda a dar preferência a empresários de Dubay (Emirados Arabaes), registrou os encontros com o premier. Também fotografou o Palazzo Grazioli. Mais ainda, saiu candidata a vereadora na lista do partido de Berlusconi. Em média, ela cobre 3 mil euros por programa.



Na noite da eleição de Barack Obama, a exuberante Patrizia dormiu com Berlusconi, no Palazzo Grazioli: ele e a procuradoria de Bari têm provas abundantes e incontestes. Certamente, uma noite para consolar Berlusconi, o primeiro da lista dos sabujos do ex-presidente George W.Bush.



A última garota de programa, conhecida na última sexta feira, chama-se Bárbara Montereale, que diz já ter recebido 10 mil euros por favores sexuais a Berlusconi.


Patrizia.

PANO RÁPIDO. A magistratura do ministério Público de Bari apura contratos e acertos com a administração pública feitos com a empresa Tecnohospital: a empresa vende equipamentos hospitalares. A empresa é dos irmãos Tarantini.
Giampaolo Tarantino, conforme conversas telefônicas interceptadas, contratava Patrizia D´Addario, vulgo Alessia, e Bárbara Monterale para as festas de Berlusconi, na residência oficial (Palazzo Grazioli) e na cinematográfica villa que o premier mantém na Sardenha (Villa Certosa).






Depois do escândalo com a napolitana Noemi Letizia, --que chama o premier de “papi” e o conheceu quando era menor de idade--, Berlusconi abastece a “imprensa internacional” com suas macarrônicas aventuras, cafonices e mentiras.



Neste domingo e na próxima segunda serão realizadas, em segundo-turno, eleições provinciais e comunais na Itália. Neste domingo, surgiu o nome de uma outra "garota de programa" berlusconiana. Trata-se de Lucia Rossini.

Lucia Rossini, aos magistrados de Bari, confirmou os programas no Palazzo Grazioli, a complicar Berlusconi.

--Wálter Fanganiello Maierovitch-- Galeria de Alegada Conquista.



Noemi Letizia, o penúltimo escândalo.




Assuntos Relacionados
© 2004 IBGF - Todos os direitos reservados - Produzido por Ghost Planet