São Paulo,  
Busca:   

 

 

Agora

 

Terror. Obama entra na Infoguerra e promete Cyber-czar.

Por Wálter Fanganiello Maierovitch- Terra Magazine.

IBGF, 30 de maio de 2009.
Bin Laden, adepto do cyberterrorismo.

Faz tempo que a organização terrorista dirigida por Osama bin Laden vitou “Al Qaeda . Com”


. Como já esperado por especialistas que acompanham o fenômeno do terrorismo, ontem, sexta-feira, o presidente Barack Obama decretou a “infoguerra” e a justificou. Por exemplo, lembrou de ataques ocorridos e dos riscos à segurança dos sistemas de segurança civil.


O uso da web por organizações terroristas não é novidade. O problema, e isto integra relatórios na posse do presidente Obama, é a difusão de sites a transmitir mensagens, a gerar na multiplicação de adeptos do alqedismo, de fanáticos religiosos e de anarcohackers.


Não se trata de novidade, friso.


Nos anos 90, a Al Qaeda inaugurou o seu primeiro site. Ele foi chamado de “Al Neda”. Estava registrado no Texas e em Singapura, como se descobriu depois do trágico 11 de setembro de 2001.


Antes da supracitada tragédia de 11 de setembro, -- e isto consta de documentos arquivados no Pentágono--, os 007 ocidentais passaram à CIA (agência de espionagem dos EUA) uma carta, apreendida no Afeganistão, que fora enviada por Osama bin Laden ao seu sogro e chefe dos talebans, o mulá Omar.


Na carta, Bin Ladin já falava que a “batalha” principal iria se desenvolver no campo da propaganda. Com exclusividade para Terra Magazine e IBGF, segue um parágrafo da referida carta: “Nós devemos transmitir a nossa mensagem às massas das nações e destruir a barreira midiática imposta ao movimento da Jihad”.


Para ter idéia, os 007 dos serviços de inteligência do Ocidente e os agentes da CIA estimam em 7 mil o número de sites de perfil filo-alqaedistas.


PANO RÁPIDO. O cyber-czar a ser escolhido pelo presidente Obama vai ter a dificílima tarefa de combater sofisticadas redes que transmitem mensagens, ordens, virus e segredos.


A filosofia da “Al Qaeda.Com”, --como já destaquei no post de quinta-feira deste blog Sem Fronteiras-, pode ser resumida na frase “Faça você Mesmo”. Com isso, a cúpula da Al Qaeda difunde a idéia, que já vingou em ataques ao metrô de Londres, de que atos violentos podem ser realizados sem necessidade de autorização da cúpula alqaedista.
Em vídeo, Bin Laden e Ayman al Zawahiri já falaram que os “jihadistas” devem buscar as suas próprias armas para atacar o Ocidente. Todos devem lutar e não ficar a esperar apenas ações dos grupos regulares da organização.


Em muitos sites interceptados pelos cyber-007, descobriu-se jihadistas sendo adestrados por internet. E se ensinava como fazer bombas com celulares programados para a função de detonar explosivos. O “Faça você Mesmo” será o grande desafio para o futuro cyber-czar do presidente Obama.

--Wálter Fanganiello Maierovitch--


Assuntos Relacionados
Agora | Máfias/Dinheiro Sujo | Drogas Ilícitas | Terror//Insurgência | Espiões/D.Humanos | Entrevistas | Colaborador- Carta Aberta. | Cultura | Imagens e Áudios | Eventos | Memória | Quem Somos | Contato | Textos dos Internautas
© 2004 IBGF - Todos os direitos reservados - Produzido por Ghost Planet