São Paulo,  
Busca:   

 

 

Agora

 

Caso Battisti: Tarso ofende quem não é ignorante

Por MINO CARTA

IBGF, 28 de janeiro de 2009.

Traso Genro.



Febeapá e a Justiça.

O Caso Battisti oferece a inúmeros navegantes a oportunidade de confirmar que o Festival de Besteiras que Assola o País, o Febeapá organizado por Stanislaw Ponte Preta há mais de quatro décadas, atinge níveis nunca dantes alcançados.


Felizmente há outros companheiros de navegação capacitados à compreensão dos fatos. Não vale a pena rebater as sandices de quem singra as trevas, sem deixar de acentuar que o contraditório é válido quando se dá entre bons conhecedores da situação.


Limito-me a dizer que, no caso, a questão é simplesmente de Justiça.


Não se trata de esposar os argumentos da direita ou da esquerda, a deusa vendada não tem ideologia, donde a venda a lhe cobrir os olhos.


Como brasileiro, analiso a questão, e verifico que o Brasil dá asilo a um criminoso, terrorista ou não pouco importa, enquanto teme punir os torturadores do Terror do Estado a serviço da ditadura. Tarso Genro oferece ao mundo uma lição de ignorância, da história e da lei, que ofende quem não é ignorante.
MINO CARTA.


Assuntos Relacionados
© 2004 IBGF - Todos os direitos reservados - Produzido por Ghost Planet