São Paulo,  
Busca:   

 

 

Agora

 

DROGAS: Bush reprova Bolívia, Venezuela e Birmânia (Mianmar).

Por Wálter Fanganiello Maierovitch

IBGF, 19 de setembro de 2008.

Evo Morales.

O jogo estava empatado: Morales expulsou o embaixador norte-americano e Bush fez o mesmo com equivalente boliviano.

Hoje, Bush desempatou, a mostrar que a questão das drogas serve para justificar ações que não tem com o contraste ao fenômeno. Com efeito, Bush relacionou a Bolívia, ao lado da Venezuela de Mianmar (ex-Birmânia) como países que não cooperam na luta contra as drogas. Segundo Bush, “ a Bolívia não manteve o empenho estabelecido, internacionalmente, de reduzir a produção de coca e o comércio da cocaína.

Pela lei norte-americana, caba ao presidente encaminhar ao Congresso, anualmente, a lista dos países reprovados. Com base na lista, o Congresso vota a proibição de auxílio econômico ao país relacionado como não empenhado na repressão às drogas ilícitas.

Para se ter idéia, há mais de 10 anos, a Birmânia, sob narco-ditadura militar, vem sendo incluída na lista dos presidentes norte-americanos.

Depois da divulgação da lista, Bush informou que aviões do seu governo já estão na capital boliviana e cuidam do transporte do corpo diplomático norte-americano na Bolívia.

--Wálter Fanganiello Maierovitch--


Assuntos Relacionados
© 2004 IBGF - Todos os direitos reservados - Produzido por Ghost Planet