São Paulo,  
Busca:   

 

 

Agora

 

Stlalin plantou o conflito inter-étnico e separatista na Geórgia.

Por Wálter Fanganiello Maierovitch

IBGF, 11 de agosto de 2008.

Stalin, nascido na Geórgia.


O conflito inter-étnico a envolver os habitantes da Ossétia e os da Geórgia remonta a 1839. Josef Stalin, nascido na Geórgia, sabia bem desse antigo ódio.

Stalin, quando colocou em prática o seu plano de formação de um federação de repúblicas soviéticas (1920), incluiu, de propósito e na Geórgia, os territórios da Ossétia e da Abkhasia.

A meta de Stalin era criar, nas repúblicas, conflitos étnicos a dar ensejo à intervenção de Moscou, eleita como sede para o controle da integridade da união federativa.

Com o passar do tempo e a desintegração da URSS (União das Repúblicas Socialistas Soviéticas), a Geórgia adquiriu um perfil ocidental e não admite a independência da Ossétia e da Abkhasia, que considera seus territórios.

Vale recordar que em 25 de abril de 1921, depois de 30 dias de guerra, o exército russo conquistou a Geórgia. A independência da URSS ocorreu somente em 9 de abril de 1991.

A aliança de modo a formalizar o namoro da Geórgia com o Ocidente chama-se oleoduto BTC (Baku-Tbilisi-Ceyhan). Ele foi construído e opera há dois anos. Pelo duto escorre o único petróleo do Mar Cáspio que não passa pela Rússia e pelo Irã. Ele chega à costa mediterrânea da Turquia. Ao lado do duto está sendo concluído o gasoduto Nabuco, de interesse estratégico-econômico para a União Européia.

PANO RÁPIDO. A Geórgia é estratégia e a Rússia quer guerra, até a pretexto de proteger os habitantes da Ossétia, pois 90% preferiram a cidadania russo à georgiana.
Wálter Fanganiello Maierovitch.


Assuntos Relacionados
© 2004 IBGF - Todos os direitos reservados - Produzido por Ghost Planet