São Paulo,  
Busca:   

 

 

Agora

 

PENA DE MORTE: 30 execuções no Irã.

Por Wálter Fanganiello Maierovitch

IBGF, 26 de julho de 2008.


Está marcado para domingo, 27 de julho, o enforcamento, em praça pública, de vinte iranianos acusados de tráfico de drogas proibidas. Eles foram condenados à morte pela Magistratura iraniana e não cabe mais recurso. Para aproveitar, num país que desrespeita direitos humanos e faz das execuções espetáculo público, também serão enforcados amanhã dez acusados de autoria de homicídios.

O jornal iraniano Aftab informou, na edição de hoje, a execução programada para um grupo de 30 condenados à morte. Até agora, será a maior execução em grupo da era iniciada com a revolução do aiatolá Khomeini. Os grupos de enforcados nunca tinham sido com número superior a 20 condenados.

Neste ano de 2008, já ocorreram 126 execuções capitais no Irã, numero que, amanhã, subirá para 156.

Segundo grupos de defesa de direitos humanos, o Irã, em 2007, aplicou 355 penas capitais. Em 2007, só perdeu para a China, que matou mais de 500 pessoas. Depois do Irão, segundo colocado em 2007, vieram Arábia Saudita com 166 penas capitais efetivadas, Paquistão com cerca de 134 e EUA com 42.
--Wálter Fanganiello Maierovitch--


Assuntos Relacionados
© 2004 IBGF - Todos os direitos reservados - Produzido por Ghost Planet