São Paulo,  
Busca:   

 

 

Agora

 

Daniel Dantas ameaça virar Tommaso Buscetta.

Por Wálter Fanganiello Maierovitch

IBGF, 11 de junho de 2008.

Tommaso Buscetta.

Ao ser ouvido hoje pelo delegado Queiroz, que preside o inquérito policial e comandou a Operação Satiagraha, o banqueiro Daniel Dantas enviou um recado: “Vai contar tudo e apontar todos os corrompidos”.

Pelo jeito, Dantas está se sentido abandonado, apesar da liminar de Gilmar Mendes. Percebeu que a liminar não valeu nada. A polícia e o ministério Público já estavam preparados, diante de fatos e provas novas, para pedir a prisão preventiva, que, a propósito, foi decretada.

Um intelectual do crime, jogador ardiloso e freqüentador de palácios, não usa da tática do desespero sem causa.

PANO RÁPIDO. Dantas parece ter sentido que está na iminência de ser jogado ao mar, pelos antigos aliados da “societas criminis” estabelecida. Como é um arquivo ambulante, ameaçou dar uma de Tommaso Buscetta, o arrependido que entregou os chefões da Máfia siciliana e falou da ligação dela com os políticos”.

Não devemos esquecer que Marcos Valério, como mostrou o Jornal Nacional, ameaçou dar uma de Buscetta, ou seja, o Don Masino. Aquele que entregou os chefões mafiosos e contou das relações dos políticos com a Máfia.
--Wálter Fanganiello Maierovitch--


Assuntos Relacionados
© 2004 IBGF - Todos os direitos reservados - Produzido por Ghost Planet