São Paulo,  
Busca:   

 

 

Agora

 

Espanha. Socialistas querem consolidar Estado-laico contra a Igreja.

Por Wálter Fanganiello Maierovitch

IBGF, 6 de julho de 2008.

Terminou hoje o 37º. Congresso do Partido Socialista Espanhol, fundado em 2 de maio de 1879 e, durante a ditadura Franco (1939-1977), colocado na ilegalidade.


Por 98,53% dos votos, o primeiro-ministro José Luis Rodriguez Zapateiro foi reeleito secretário-geral do partido, conhecido pela sigla Psoe.


Pelo menos em três propostas aprovadas, a Igreja espanhola vai ficar incomodada. Uma Igreja que, na última eleição, fez ostensiva campanha contra Zapateiro.
Jose Luiz Rodriguez Zapateiro, primeiro-ministro espanhol.


O presidente da Conferência Episcopal espanhola, cardeal Antonio Maria Rouco Varela, já estava preocupado com o novo mandato de Zapateiro e sabia que iria fazer da Espanha, cada vez mais, uma nação laica. Há seis meses, a Conferência começou a torpedear e a pedir para os eleitores não reconduzirem Zapateiro, pois tencionava (1) acabar com o ensino religioso nas escolas, (2)reconhecer o casamento entre homossexuais, (3) impulsionar as pesquisas biomédicas.


O Psoe, nos três dias do 37º. Congresso, aprovou e vai encaminhar ao governo Zapateiro três sugestões iniciais: 1. Fim do rito católico nos funerais de Estado; 2. Fim de juramentos sobre a bíblia, no âmbito na Justiça e na administração pública; 3. Retirada dos crucifixos dos locais públicos.


Maria Teresa Fernández, segunda na hierarquia do partido socialista espanhol, teve aprovada a proposta de o partido apresentar um projeto de lei sobre o abordo, recolhendo, no particular, normas contidas em legislações estrangeiras.


O congresso dos socialistas deixou estabelecido que democracia e religião não são incompatíveis. Mas, o partido deve se empenhar em lutar para tornar o Estado-laico, não confessional, consoante estabelece a constituição da Espanha.


--Wálter Fanganiello Maierovitch--


Assuntos Relacionados
© 2004 IBGF - Todos os direitos reservados - Produzido por Ghost Planet