São Paulo,  
Busca:   

 

 

Agora

 

TERROR. A última novidade sobre o esconderijo de Bin Laden.

Por Wálter Fanganiello Maierovitch

IBGF, 27 de maio de 2008.

Monte K2.



Desde o tempo que guerreou para a expulsão dos soviéticos do Afeganistão, ocorrida em 1989, quando mantinha aliança com os EUA e o Paquistão, o terrorista saudita Osama bin Laden encontra apoio de grupos tribais de etnia pastum, para se esconder nos confins entre o Afeganistão e o Paquistão.


Pelas montanhas e pelos desertos da região, nenhum 007 da CIA é visto. Também, nenhum Bond, James Bond, ousa montar num camelo e sair a perguntar, em inglês e com pele impregnada de filtro solar, se alguém quer ganhar alguns milhões de dólares para mostrar onde Bin Laden mantém seu escritório virtual, despacha e grava vídeos e áudios divulgados pela rede da Al Jazeera.


Apesar da blindagem ao terrorista chefe da Al Qaeda, a rede árabe de televisão por satélite, a Al Arabya com sede em Dubai, arrisca informar onde Bin Laden se esconde.


Conforme matéria divulgada ontem, Bin Laden esconde-se em região norte do Paquistão, aos pés do monte K2, o segundo mais elevado do mundo: 8.611 metros de altura.


Bin Laden.


Para a Al Arabya, o fato é conhecido dos norte-americanos que preparam um ataque ao local, conforme deliberado em reunião realizada na base militar de Doha, no Catar, com a presença do general David Petraeus, comandante das forças norte-americanas no Iraque.


Pano Rápido. Não se deve descartar a possibilidade de Bin Laden, por sinal de satélite, acompanhar as transmissões da Al Arabiya. Ontem, em áudio, Bin Laden pediu aos seus amigos do Iêmen, --onde já morou e atacou em 2000 o destroyer USS Cole fundeado no golfo de Aden--, para impedir a influência americana no país --Wálter Fanganiello Maierovitch--


Assuntos Relacionados
© 2004 IBGF - Todos os direitos reservados - Produzido por Ghost Planet