São Paulo,  
Busca:   

 

 

Agora

 

Racismo Institucional. Polícia de Nova York sob acusação.

Por Wálter Fanganiello Maierovitch

IBGF, 5 de maio de 2008.



A acusação de racismo institucional foi baseada em dados estatísticos. Ela acaba de ser publicado pelo respeitável American Civil Liberties União (ACLU).

Nos últimos dez anos, a polícia de Nova York prendeu 350 mil pessoas por posse de maconha (marijuana) para consumo próprio.

As prisões, no entanto revelam, nesse arco de dez anos, um racial profiling. Ou seja, o alvo dos policiais eram os jovens afro-americanos e os adultos de origem hispânica. Outros, não.

Com efeito, foram dez anos de repressão contra pessoas de perfil certo. As ações policiais eram adrede preparadas. Pela cor da pele e origem étnica escolhiam-se as pessoas que a polícia, discriminatoriamente, entendia como infratores da lei.

PANO RÁPIDO Desde a política chamada de “Tolerância Zero” introduzida por Rudolf Giuliani quando prefeito de Nova York, começaram os especialistas em direitos humanos a observar um crescimento com relação à prática do fenômeno conhecido por Racismo Institucional .

Com base no “Tolerãncia Zero”, Giuliani lançou-se candidato republicano ao senado contra Hillary Clinton. Ao perceber que negros e latino-americanos, perseguidos pelos policiais do programa municipal de Tolerância Zero, não votariam nele jamais, acabou renunciando sua candidatura. Venceu a democrata Hillary e o substituto de Giuiani mal teve tempo para construir uma nova imagem para os republicanos.

A recentíssima reprovação a Giuliani, -- quando concorreu e desistiu das primárias republicanas à presidência na sucessão de George W.Bush, mostra que os negros e hispânicos ainda não esqueceram dos tempos do ex-prefeito. Apesar dos seus esforços e coragem quando dos ataques terrorista de 11 de setembro, quando saiu às ruas para ajudar as vítimas e acalmar a população: Bush ficou escondido nas primeiras 24 horas.

-Wálter Fanganiello Maierovitch--


Assuntos Relacionados
© 2004 IBGF - Todos os direitos reservados - Produzido por Ghost Planet